Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Espanhol atinge marca inédita

04 de Outubro, 2013

Pedro Gil foi eleito o melhor jogador do Campeonato Mundial de hóquei em patins, Angola´2013

Fotografia: Kindala Manuel

“Certamente vai ser um penta difícil de bater. Mas, quem sabe, talvez um dia alguém o ultrapasse”, disse Pedro Gil, quando regressava a Espanha, depois de ter conquistado um inédito pentacampeonato para o seu país e o sexto título para a sua conta pessoal, outro recorde.

Pedro Gil também fala de Portugal e deixa uma opinião interessante: “O Reinaldo faz falta, é o jogador português com mais qualidade e que a mostra sempre nos momentos decisivos. A idade pode pesar, mas eu sinto o mesmo”.

“Para mim, é um prazer representar Espanha. Sinto que, às tantas, estrago mais do que ajudo, mas espero continuar a merecer a confiança do seleccionador para o Europeu de 2014. Seria maravilhoso jogar em Madrid (Alcobendas, arredores da capital espanhola)”, disse ainda Gil, que não deu muita importância ao facto de ter sido eleito o melhor jogador do Mundial de Angola e por uma razão inesperada.

“Ninguém mereceu ser o MVP deste Mundial. Honestamente, não vi nenhum jogar bem. Mas eles tinham de dar o prémio a alguém e pelo golo da vitória atribuíram-no a mim. Fico mais satisfeito com o título”, confessou.