Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Esperança Caxita conquista ponto

?lvaro Alexandre - 05 de Julho, 2017

Esperança Caxita está optimista em obter hoje a terceira vitória

Fotografia: MIQUEIAS MACHANGONGO | EDIÇÕES NOVEMBRO

A dupla ronda proporcionou um resultado díspar para a Mestre Internacional, Esperança Caxita. No primeiro jogo, a xadrezista angolana (1876) apresentou-se mais agressiva e derrotou Schahinez Ibbou (1445). No segundo jogo, a sorte foi madrasta para Esperança Caxita. Shahenda Wafa (2112) justificou o maior Elo no ranking e derrotou a única representante feminina de Angola.

Noutras partidas, a MI Hamza Amira (1912)  perdeu para a MI  Shahenda Wafa (2112), MF  Feriel Lalaoui (1719) perdeu para a MI Jesse Nikki February (1823), MF Asma Hamlaoui (1734) perdeu para GM Khaled Mona (2189) e a MI  Amina Mezioud (2065) empatou com a MI  Hayat Toubal (1909).

À entrada da quarta jornada, a MI sul-africana Jesse Nikki February lidera a classificação geral com três pontos, seguido da MI egípcia Shahenda Wafa (3), GM egípcia Khaled Mona (2), MI argelina Amira Hamza (2) e MI angolana Esperança Caxita (2). Hoje para a quarta jornada, a MI Hayat Toubal (1909) enfrenta a MI Esperança Caxita (1876 ) num jogo que se espera equilibrado. A posição do ranking aponta para um empate.

Noutras partidas, a MI  Shahenda Wafa (2112) tem a vida não facilitada. Depois de ganhar ontem, hoje defronta a MI Jesse Nikki February (1823), a líder da competição africana. O equilíbrio va dominar também as parridas que vão envolver as principais candidatas ao título.A  MF Rania Nassr (1783) joga com a MI Amira Hamza (1912), GM Khaled Mona (2189) defronta a MI Amina Mezioud (2065) e MI Sabrina Latreche (2056) enfrenta a GM Shrook Wafa (2165). A MI angolana Esperança Caxita está na cidade de Oran, depois de cumprir um estágio rigoroso em Matanzas, República de Cuba. Caxita participou de um torneio internacional que contou com alguns rostos famosos do xadrez mundial.

XADREZ
David engrena em Oran


O Mestre Internacional (MI) David Silva conseguiu ontem os primeiros pontos no Campeonato Africano Individual de Xadrez, que se disputa, no Hotel Assala, na cidade argelina de Oran. O angolano obteve uma vitória e um empate na dupla jornada. O único representante masculino (2205) de Angola na competição ganhou ao argelino Mehdi Moulay (2055) e empatou com sul-africano Frederick Odendaal (2038). Com os resultados, David Silva ascendeu à 17ª posição da tabela geral de classificação com 1,5 ponto.

Noutras partidas da dupla jornada, o carrasco de David Silva, o Grande Mestre (GM) Ahmed Adly (2620), empatou com o GM Essam El Gindy (2448) e continua a liderar a competição continental.O MI Richmond Phiri (2267) dividiu ponto com o GM Abdelrahman Hesham (2385), MI Daniel Cawdery (2426) empatou com o MI Med Ali Boudriga (2348), MI Adlane Arab (2476) ganhou ao MF Chafik Talbi (2250) e o Candidato a Mestre (CM) Ahmed Bouzidi (2193) perdeu para GM Bassem Amin (2672).

Na tabela de classificação geral, GM egípcio Ahmed Adly (2620) lidera com 2,5 pontos, seguido do GM egípcio Essam El Gindy (2448) com 2,5; MI argelino Adlane Arab (2476), com 2,5; GM egípcio Bassem Amin (2672) com 2,5 e MI tunisino  Med Ali Boudriga (2348) com 2 pontos. Para a quarta jornada, o MI David Silva (2205) defronta hoje o MF Jack Van Zyl-Rudd (2125). A diferença na pontuação Elo sugere asegundavitória do angolano. David Silva apresenta mais discernimento na leitura de jogo que o adversário.

O GM Bassem Amin (2672) defronta o GM Ahmed Adly (2620), GM Essam El Gindy (2448) joga com o MI Adlane Arab (2476), Oussama Douissa (2270) enfrenta o MI Daniel Cawdery (2426), MI Med Ali Boudriga (2348) joga com o MI  Saad Belouadah (2400) e GM Abdelrahman Hesham (2385) enfrenta o MF Chafik Talbi (2250).