Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Estilo de vida do alemo difere da do colega ingls

14 de Outubro, 2015

Sebastian Vettel diz que o seu estilo de vida de todo diferente do de Lewis Hamilton

Fotografia: AFP

Sebastian Vettel é o piloto mais vitorioso da grelha actual da F1. Dono de 42 vitórias e quatro títulos mundiais, o principal pilar da viragem da Ferrari em 2015 é discreto, quando não está correr. O alemão não pretende mudar o seu estilo: “Sou um atleta, nada mais”.

Em meio a um mundo cada vez mais predominado por selfies, redes sociais e afins, Sebastian Vettel mantém a sua discrição característica e faz questão de defender o seu estilo de vida mais privado fora dos circuitos por onde passa o Mundial de F1. É praticamente o oposto do seu cada vez mais próximo adversário, Lewis Hamilton, acostumado à festas e a todo o tipo de marketing pessoal possível.

Sebastian Vettel não vê o menor problema na maneira como Lewis Hamilton leva a vida, mas comparou. “O meu estilo de vida não tem nada a ver com o de Hamilton”, declarou o tetracampeão do mundo em entrevista ao diário espanhol ‘El País’.
“Mas todo o mundo é livre para viver a sua vida como quiser”, garantiu.

No momento, o foco de Vettel é um só: “Estou muito ocupado com o que faço, porque a Ferrari ainda não está onde queremos que esteja”, disse o piloto, o principal pilar da viragem que a equipa de Maranello deu em 2015.

Depois de um frustrante ano de 2014, com duas vitórias, e com parcos bons resultados, a equipa italiana renasceu nesta época e já venceu três vezes, todas com Vettel, que ocupa a vice-liderança do Mundial de Pilotos. Recentemente, o alemão foi pai pela segunda vez. Em Setembro nasceu Matilda, a sua segunda filha, que Seb prefere manter longe dos holofotes. Uma decisão tomada em conjunto com a sua família.

“Há pessoas que respeitam e outras, não. Sou um atleta, nada mais. Evidentemente, quando se está no domingo na grelha de largada e as bancadas estão cheias de gente que torce por si, que leva a sua bandeira ou a da Ferrari, isso é como voar. Mas a minha vida privada é outra coisa, não tem necessariamente que estar ligada ao meu trabalho. É assim que vejo”, defendeu o alemão de 28 anos.


EM 2014
Tetra duvida
da habilidade


Sebastian Vettel está a viver uma grande fase na Ferrari ao vencer três provas e superar o número de vitórias de Ayrton Senna. Porém, num passado recente, o alemão reconhece que chegou a duvidar das suas qualidades.

Depois de conquistar quatro títulos consecutivos entre 2010 e 2013, Sebastian Vettel viveu uma época muito ruim no ano passado. O tetracampeão foi amplamente superado pelo companheiro menos experiente Daniel Ricciardo.

"Duvidei de mim mesmo e não me envergonho de reconhecer isso. No final das contas, é natural que isso pudesse acontecer em algum momento. Evidentemente, houve factores que influenciaram, como os novos motores e os poucos quilómetros que fizemos na pré-época", explicou em entrevista ao jornal El País.

A "coqueluche" da Ferrari disse que algumas vezes não rendeu tanto quanto deveria e também teve resultados ruins por coisas que não controlava. "O importante é que eu saiba quando podia ter dado mais e não", disse o piloto disse lidar bem quando é superado por outro.

"Uma coisa é o orgulho que pode ter e outra é o respeito pelos demais. Seria muito estúpido da minha parte pensar que, como tenho quatro títulos, os outros são idiotas. Haverá dias em que vão ganhar e, às vezes por uma diferença grande, mas também haverá momentos em que vai ter a oportunidade de demonstrar o quão bom é", disse.  O alemão revelou o verdadeiro sentimento que lhe vem à alma quando é superado pelos adversários.

"Quero ser o melhor e quando me batem, fico bravo, mas respeito muito quando alguém faz algo melhor do que eu", revelou. Sebastian Vettel é actualmente o vice-líder do campeonato da Fórmula 1, a 66 pontos de Lewis Hamilton, quando faltam quatro etapas para o final. O alemão bateu o companheiro Kimi Raikkonen por 113 pontos no seu ano de estreia na Ferrari.