Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Euclides Chingui augura Mundiais

Pedro Futa - 04 de Novembro, 2019

Fotografia: Edies Novembro

Euclides Chingui pretende levar as "pedaladas angolanas" a um campeonato mundial de BTT, depois da consagração do título de campeão do BTT Angola 2019 em cerimónia realizada na última sexta-feira no restaurante do Hotel Brasserie no bairro Morro Bento, em Luanda. O atleta da equipa Kambas da Bicicleta manifestou o desejo, momentos após a atribuição do merecido prémio.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Euclides Chingui prometeu trabalhar mais para atingir as competições internacionais.
"Vou trabalhar mais, porque o objectivo é participar de um campeonato mundial. Estou feliz com a conquista do prémio de campeão nacional", disse.
O ciclista agradeceu o presidente da equipa, José Crispim, pelo serviço prestado ao desporto, no qual, muitos jovens são desviados da delinquência e das drogas para actividades úteis à sociedade.
"No Distrito do Zango, existe a delinquência juvenil e o consumo de drogas excessivo. Agradeço o excelente trabalho do presidente dos Kambas da Bicicleta, José Crispim, por tirar muitos jovens dos maus caminhos", agradeceu.

ORGANIZAÇÃO
ESTÁ SATISFEITA

O responsável da Allstars, entidade organizadora do campeonato nacional de bicicletas de todo-o-terreno (BTT) Angola, Gonçalo Anacoreta, está regozijado com os resultados alcançados na época 2019. Em declarações à nossa reportagem, avaliou de "positivo" a 6ª edição.
"Faço um balanço positivo. Conseguimos realizar a competição com uma prova a mais que a da época passada; foram nove no total. O número de participação também aumentou e reflectiu-se nos excelentes resultados. Tivemos mais de 270 atletas entre nacionais e estrangeiros", esclareceu.
Gonçalo Anacoreta perspectiva aumentar o número de provas e de acções de caridade nas próximas edições.
"Vamos procurar aumentar o número de provas no próximo ano. Além da componente desportiva, temos o compromisso com a responsabilidade social. Pedimos o apoio de parceiros e de outras empresas. Queremos oferecer roupas e calçados aos mais desfavorecidos", frisou.
Na classificação geral de Maratona, o pódio registou as presenças do angolano Euclides Chingui no lugar mais alto, seguido dos portugueses Rafael Moura e de Jorge Abreu.
Na Meia-maratona, o angolano João André liderou o pódio, acompanhado de compatriotas Carlos Peralta e Yuri Rosa.
Na prova feminina, a portuguesa Patrícia Teixeira liderou o pódio, seguida da angolana Elsa Freire e da sul-africana Allison Pledger.
As provas decorreram em Cabo Ledo, Campo de golfe do Morro dos Veados, Barragem da Quiminha, Balende, Fazenda do Pai Timóteo e na Funda.