Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ex-atletas revoltadas com corrupção na CBV

23 de Dezembro, 2014

Ex-atletas revoltadas com corrupção na CBV

Fotografia: AFP

As recentes denúncias de corrupção na Confederação Brasileira de Voleibol causaram protestos aos jogadores. Mas também revoltaram ex-atletas, como Fernanda Venturini e Ana Moser, que conquistaram juntas a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996.Indícios de corrupção  na gestão de Ary Graça são apontados desde o início do ano, mas recentemente a Controladoria-Geral da União (CGU) atestou irregularidades no uso de dinheiro público por parte da entidade. O facto levou o Banco do Brasil, patrocinador da CBV desde 1991, a suspender o apoio financeiro.

“A gente achava que o desporto ainda estava fora disso. Sei que não é uma maravilha, é só ver como as federações estão aí, mas pelo menos não era essa coisa tão descarada”, disse Fernanda Venturini. “A gente privava-se de muita coisa. Na selecção às vezes fazíamos viagens que davam a volta ao mundo porque outra passagem era muito cara. E enquanto isso o homem rouba dinheiro? É revoltante”, completou.A ex-atleta pede a punição dos envolvidos. “Por mim, quem fez isso já estaria na cadeia”
Em protesto, à actual gestão da CBV a CGU desistiu de organizar a fase final da Liga Mundial da próxima época,  que ia ser realizada no Brasil em Julho de 2015. O relatório da CGU, divulgado no início de Dezembro, apontou irregularidades em 13 contratos.