Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Exaltada boa relação na Red Bull

27 de Dezembro, 2016

Verstappen e Ricciardo têm relações de quase irmãos na Red Bull

Fotografia: AFP

Das muitas notícias que chamaram à atenção na Fórmula 1, em 2016, uma delas foi a troca da Red Bull de Daniil Kvyat por Max Verstappen, ao meio da temporada.

Aos poucos, a transferência mostrou-se bem sucedida, com o holandês a tornar-se o mais jovem a vencer uma corrida. Diante do cenário positivo, o chefe da RBR, Christian Horner, exaltou a relação de Max com o seu companheiro Daniel Ricciardo.

“A coisa mais importante é o respeito. Nós não pedimos para que os pilotos saiam para jantar juntos, pedimos que eles se respeitem e respeitem a equipa. Os dois fizeram exactamente isso, o facto da relação entre eles ir além disso, é um benefício para nós. Em muitos aspectos, Daniel é quase um irmão mais velho para Max”, disse ao Autosport.com.

Horner ainda destacou que o comportamento de Verstappen e de Ricciardo é muito parecido tanto dentro do carro quanto nos seus objectivos na Fórmula 1, o que é favorável à equipa.

“O feedback deles é muito parecido, assim como o que eles exigem do carro. Muitas vezes, quando você está a ouvir o treino ou a corrida, os comentários sobre o carro são quase idênticos. É um óptimo cenário, os dois pilotos perseguem a mesma coisa”, finalizou.

ROSSI
A Fórmula 1 regressa daqui a três meses, mais precisamente, a 26 de Março. Contudo, os bastidores da categoria continuam movimentados. Desta vez, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, revelou que gostava de ver Valentino Rossi, heptacampeão mundial de MotoGP, e Sebastien Ogier, piloto do Mundial de Rali, a testar com a equipa alemã.

“Fórmula 1 também é entretenimento. Eu adorava testar a habilidade de Valentino Rossi e de Sebastien Ogier ao volante das nossas máquinas. A minha ideia é organizar um dia com eles”, afirmou Toto ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport.

Rossi mostrou-se aberto à ideia, apesar de achar ser uma traição com a Ferrari. O Valentino já testou o carro de Fórmula 1 da equipa de Maranello, mas revelou que não  recusaria um pedido da Mercedes. Recentemente, o tricampeão de MotoGP, Jorge Lorenzo, também testou com os alemães.

“Se Wolff quiser ligar para mim, tem o meu número. Como dizer não? Eu tive a sorte de testar com a Ferrari e tenho bons amigos em Maranello. Testar com a Mercedes talvez seja um meio de uma traição, mas como dizer não se eles me convidarem?”, disse ao Sky Italia.

CAMPEÃO MUNDIAL
Rosberg anuncia lançamento de livro

Apesar de estar aposentado do mundo do automobilismo, Nico Rosberg deu um presente de Natal aos fãs e amantes da Fórmula 1, ao redor do mundo. O actual campeão da categoria anunciou o lançamento de um livro, que conta nos bastidores, o seu primeiro e único título mundial.Numa rede social, o alemão anunciou o lançamento do livro “Finally”.

O texto foi escrito por Georg Nolte, e as imagens ficaram por conta de Paul Ripke. Nico mostrou-se entusiasmado com o lançamento da obra.

“Durante os meses finais da minha batalha pelo título, os meus altos e baixos foram documentados pelo meu amigo Paul Ripke , e imortalizados em imagens fantásticas. Agora, podemos reviver esses momentos, juntos: o drama da corrida final, nossas emoções após a vitória, e finalmente, o anúncio em Viena de que eu estava a pendurar o capacete como piloto. Nós alcançamos o nosso objectivo. Todos vocês fizeram isso comigo”, disse o alemão.