Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Expectativa na estreia de Niccolò Antonelli

17 de Março, 2016

Niccolò Antonelli liderou o último dia de testes da Moto3 em Losail

Fotografia: DR

A estreia de Niccolò Antonelli é aguardada com expectativa neste fim de semana no Grande Prémio de Qatar. A sua exibição no último dia de testes colectivos da Moto 3 alertou os principais concorrentes em Losail. Antonelli foi o mais rápido ao registar 2min05s444 na sua melhor volta e terminou a sessão com 0s217 de vantagem sobre Livio Loi. Completou o pódio Fabio Quartararo.

Mesmo com dores na clavícula, resultante de uma lesão contraída durante o inverno europeu, Niccolò Antonelli entrou na pista com objectivo de bater o tempo de Livio Loi, feito no dia anterior. Os pilotos aceleraram para um ataque à tabela de tempos. Cinco rodaram os pneus abaixo do tempo de Loi. Outro objectivo da sessão era testar um pneu traseiro que a Dunlop planeia usar no Grande Prémio da Argentina.

Quase 0s5 abaixo do tempo da pole-position de Alexis Masbou em 2014, Antonelli assegurou a liderança da tabela. A comprovar o seu bom ritmo em território de Qatar, Livio Loi também baixou o seu melhor registo e ficou com o segundo tempo, 0s056 à frente de Quartararo, o terceiro classificado.

0s340 atrás do líder, Jorge Navarro assegurou a quarta posição, seguido por Brad Binder e Nicolò Bulega. Todos os pilotos do top-6, que ficou separado por 0s372, rodaram abaixo do recorde da pole.

Estreante como o piloto da VR46, Arón Canet cravou 2min06s252 e ficou com a sétima marca, à frente de Phillip Oettl, Joan Mir e Jakub Kornfeil.


MOTO 2
Lowes bate Luthi
na última sessão


Na categoria intermédia da MotoGP, Sam Lowes é apontado como a principal referência e candidato ao troféu da Moto 2 no final da época'2016. No último dia de testes colectivos, demonstrou as potencialidades que o fazem de piloto a abater nas pistas. Há dez minutos do fim da última sessão de testes, Sam Lowes cravou 1min59s405 e destronou da liderança Tom Luthi por 0s203 de vantagem. Jonas Folger completou o top-3.

O exercício final de testes ocorreu à noite, período propício para roncar os motores. Luthi, que havia assumido o topo da tabela ao cravar 1min59s608 no dia anterior, viu o número a cair, quando Lowes baixou a marca. A ascensão de Sam à liderança eleva a expectativa para a primeira corrida do ano.

A prestação de Álex Rins ficou aquém do esperado. O jovem piloto terminou a sessão a 0s375 atrás do líder e classificou-se em quarto lugar, à frente de Lorenzo Baldassarri.

O campeão em título teve uma prestação possível no último dia. Johann Zarco cravou 1min59s979 e encerrou a sessão com 0s574 de atraso ao líder. A distância, que o separa de Sam Lowes, vai ser conferida domingo na estreia da competição.

O primeiro a constar da barreira de 2min00s é o irmão menor do bicampeão da MotoGP, Marc Márquez. Álex Marques ficou com o novo melhor tempo, longe das performances do ano de estreia. A lentidão na rodagem pode estar associada à adaptação à máquina.
Para completar o top-10, Franco Morbidelli terminou a sessão a 0s829 de Sam Lowes.