Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Faia prepara na Hungria jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

Rosa Napoleão - 22 de Junho, 2016

Última etapa de preparação de Antónia de Fátima decorre na Hungria sob supervisão da Federação Internacional de Judo

Fotografia: Paulo Mulaza

Contornada a burocracia administrativa, a judoca Antónia de Fátima encontra-se desde hoje de manhã na Hungria, onde se dedica à última fase de preparação com vista a participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, previsto para 5 a 21 de Agosto. A melhor atleta nacional da categoria de -70 quilogramas é a única representante angolana na maior reunião desportiva do mundo. Está é a quarta participação, consecutiva de Antónia de Fátima nos Jogos Olímpicos, depois de estar em Atenas'2004, Beijing'2008 e Londres'2012.

Depois da Hungria, Faia, como é conhecida nas lides desportivas nacionais, vai participar de um outro torneio de preparação na República Federativa da Rússia, a 18 de Julho. A judoca é acompanhada do colega Nayr Garcia, da categoria de -66 kg. O atleta da equipa Nacional de Benguela integra o grupo a convite da Federação Internacional de Judo pelos feitos conquistados no Campeonato Africano da Tunísia. Naquela prova, o angolano obteve a medalha de bronze.

Apesar de não obter naquela competição a pontuação mínima para a qualificação aos Jogos Olímpicos, o esforço e a qualidade do atleta não passaram despercebidos. A Confederação Africana de Judo reconhece o mérito ao atribuir o prémio ao Nayr Garcia  e procede mecanismos para convencer a comissão organizadora continental a autorizar a participação no Rio'2016.  Antes da viagem, Nair Garcia manifestou o desejo de beneficiar de um wild card (convite) do COI para estar presente nas terras de flamingo, onde deve apoiar a colega Antónia de Fátima "Faia".

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o técnico principal da selecção nacional, Yuri Paim, referiu que os atletas "inspiram confiança e que nesse estágio têm a oportunidade de elevarem as habilidades e técnicas".Antónia de Fátima está colocada no quadro final da categoria dos -70 kg na 19ª posição do torneio de judo dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, segundo a lista definitiva da Federação Internacional, divulgada no início da semana. O principal objectivo da atleta angolana é terminar a competição com uma classificação que  permita estar entre as quatro melhores atletas da sua categoria de peso.

Essa é a última participação de Antónia de Fátima nos Jogos Olímpicos. A judoca natural de Luanda possui dois títulos continentais: Tunísia'2004 e Ilhas Maurícias'2014. É campeã em título dos Jogos Africanos (ouro em Brazzaville'2015), obteve a medalha de prata em Maputo'2011, e bronze em Argel'2007. Em 2011, obteve a medalha de prata no Campeonato do Mundo na Roménia.Aos 34 anos de idade, Antónia de Fátima aposenta-se após o Rio'2016 e já manifestou o desejo de se dedicar à transmissão de conhecimentos e à criação de uma escola de formação que está na forja.