Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

FAX quer internacionalizar "Open Angola Livre"

Joo Francisco - 15 de Novembro, 2018

O presidente da FAX, revelou, igualmente, que "pretendemos encerrar a poca 2018

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente da Federação Angolana de Xadrez (FAX), Tito Martins, revelou na segunda-feira, no final do \"Open Angola Livre\", que a sua equipa trabalha com os patrocinadores para internacionalizar a prova de bandeira, por ocasião da Independência Nacional, reatada para assinalar os 43 anos da efeméride.
\"Estamos a trabalhar com os nossos patrocinadores para a partir de 2019, por ocasião dos 44 anos da nossa independência, termos uma prova internacional, para que os jogadores angolanos retomem a ambição de conseguir títulos internacionais e aumentar a pontuação ELO da Federação Internacional de Xadrez(FIDE), jogando com xadrezistas estrangeiros em casa\", disse o numero da FAX chamado a encerrar a prova que foi disputada, tanta em masculino como em feminino, com os melhores jogadores do país , baseados em Luanda.
Ao mesmo tempo, o presidente da FAX, revelou, igualmente, que \"pretendemos  encerrar a época 2018, com pelo menos duas participações internacionais, nos escalões intermédios aos de formação, nomeadamente, no Campeonato Africano de Escolas, na África do Sul e Campeonato Africano de Juniores, este ano aprazado no Uganda. Ambas, a serão disputadas em Dezembro\", disse.

JOSÉ E CAXITA
VENCEM PROVA

Cambando José, em masculino e a Mestre Internacional (MI) Esperança Caxita, tri-campeã africana de júnior, noutra série, não deixaram os créditos em mãos alheias e venceram sem contestação, o \"Open Angola -Livre/ 2018, que terminou na segunda-feira, nas instalações da FAX.
A vitória, de ambos, foi de tal forma natural que na última jornada, Esperança Caxita deu-se ao \"luxo\" de perder por falta de comparência com Sandira Justino, por motivos escolares.  Cambando José empatou com Gelson Arão, terminaram os dois, Cambando e Caxito, com 5,5 pontos em sete(7) jornadas, que foram disputadas no sistema suíço, em cinco dias, alguns dos quais \"bi -diários\".
Em masculino, o Candidato a Mestre (CM), Lutuima Amaro da Macovi Sport Clube, ainda no escalão transitório de formação, foi a grande revelação ao classificar-se na 2ª posição, com os pontos do vencedores (5,5) , a frente do também CM, Tito Agostinho,  sénior e este a frente, inclusive, de Mestres Internacionais, como Catarino Domingos ( 4º classificado), Mestre FIDE Manuel Alberto ( 5º classificado), todos com 5 pontos.
Na série feminina, além do regresso em grande da  xadrezista que ostenta a hegemonia no Escalão, Esperança Caxita, do Progresso Associação do Sambizanga(PAS) com 5,5 pontos, não deixa de ser surpreendente a trajectória da jovem Mestre Fide, Luzia Pires, que desde a Olimpíada de Betumi (Geórgia) que se disputou este ano, onde foi a melhor xadrezista angolana continua em forma,  o segundo lugar alcançado na prova, não foi por acaso, aliado ao facto de arrebatar, também,  o prémio de xadrezista mais jovem do torneio feminino.

Torneio Internacional
Delegação da Macovi viaja amanhã

As xadrezistas da Escola Macovi seguem viagem hoje, sexta-feira, para São Tomé  e Príncipe, a fim de participarem nas comemorações da Academia Invictus, da rua da Caixa, presidida pelo antigo presidente da federação nacional daquele país irmão (FXST), Hamilton Cruz, com quem a instituição angolano tem um protocolo de cooperação.
O convite de última hora , acaba de ser formulado pelo PD da MACOVI, Marceliano Correia Victor , que não pode estar presente, por ocasião do primeiro aniversário da Academia Invictus\", instituição que também é vocacionado ao ensino de xadrez para crianças e outros entretimentos lúdicos, no sector infanto -juvenil,  por se encontrar em convalescença há um tempo.
O Mestre Fide, João Francisco, vai chefiar a delegação, tem programada uma palestra em torno da\"ética no Desporto nos Países de Língua oficial portuguesa(CPLP)\", com base nos conhecimentos  adquiridos  numa recente formação de formadores que se realizou em Luanda.
Fazem ainda parte da delegação, Domingos Ferraz, antigo Presidente da Associação Provincial de Xadrez de Luanda(APXL) e actual chefe do departamento de Xadrez do Atlético Sport Aviação(ASA),  que vai ser prelector de uma palestra sobre \"o xadrez nas Escolas de Luanda\" e não só.
A margem do evento, a MACOVI participa num torneio Internacional de Xadrez , com uma equipa constituída pelos Mestres Fides, Ednásia Júnior, Figueiredo Júnior e o Candidato a Mestre, Lutuima Amaro. José João é o treinador,  o Especialista Nacional,  Aires Delgado, o psicólogo da equipa e Vander Manuel, o árbitro de Angola.