Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federao agenda nacional de canoagem

Rosa Napoleo - 19 de Maio, 2015

Campeonato Nacional de Canoagem

Fotografia: Joao Gomes

O espaço de eventos da  Baia da Ilha de Luanda vai acolher nos próximos dias 29 e 30 o Campeonato Nacional de Canoagem. O evento organizado pela Federação Angolana dos Desportos Náuticos,  vai apurar os melhores atletas da época.

Até ao momento estão confirmadas a participação do 1º de Agosto, Clube Náutico da Ilha de Luanda e o Naval de Luanda.
A competição nacional vai ser disputada nas categorias de juniores e seniores nas especialidades de canoa (C1) e caiaque (C2), nas distâncias que variam entre os 200 e 1.000 metros (masculino), assim como 200 e 500 metros para a classe feminina.

As formações estão determinadas em arrecadar o título nacional que repousa nas mãos do Clube Naval de Luanda nas duas classes (masculino e feminino). As provas de remo que geralmente tem sido realizadas em simultâneo, com a canoagem, tem a sua realização agendada para um outra data, ainda não divulgada.

1º DE AGOSTO PODE
FALHAR PROVA DE CANOA


O técnico principal da equipa do 1º de Agosto, Francisco Freire, demonstrou ontem, a  preocupação em face da falta de embarcações de canoa. Em declarações ao Jornal dos Desportos, os técnico e também vice-presidente para a área da canoagem, aclarou que existe embarcações de canoa, mas estão sob o poder do clube naval.

“Estamos apreensivos porque corremos o risco de participar no nacional  com a especialidade de Caiaque o que não nos favorece muito. Nós temos os nossos principais atletas, os que nos dão garantias de medalhas, na modalidade de canoagem como o Nelson Henriques, o Pacavira Fortunato e o Aleiro e sem eles teremos poucas oportunidades de estar no podio”, lamentou.

O técnico confirmou ter efectuado um pedido à direcção dos desportos náuticos, para a cedência das embarcações.
“Fizemos todas as diligências para conseguir pelo menos duas embarcações e até então não vejo resultados. Penso que não será possível haver prova de canoagem neste nacional, na classe de seniores, porque os regulamentos não permitem competição com menos de três atletas”, disse.