Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federao almeja Jogos de Tquio

Rosa Panzo - 26 de Maio, 2017

A Taa Unitel envolve 120 desportistas dos quais, oficias, juzes, tcnicos delegados e convidados.

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

Para a Federação Angolana de Ginástica a disputa do Campeonato de elite \"Taça Unitel\" tem como objectivo principal preparar atletas, com boas performances para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, segundo Auxilio Jacob , presidente de direcção da FAG que falava ontem, em conferência de imprensa  na sede do órgão reitor da modalidade.

Auxilio Jacob disse que é a primeira fezes que o país terá a oportunidade de realizar uma Taça de grande gabarito  onde só devem participar os ginástas nacionais, mais medalhados  em várias competições internacionais.\"É nesta competição que teremos a oportunidade de mostrar aos angolanos e não só o que medalhamos ao longo deste tempo nas competições internacionais\", referiu. O dirigente referiu ainda que os atletas nacionais já trouxeram na bagagem medalhas nos campeonatos internacionais africanos, zonais e mundiais.

O projecto com periodicidade trimestral será disputado em Junho, Agosto e a última edição em Novembro por altura da Taça de Angola. Auxilio Jacob informou que de agora em diante a Taça de Angola será substituída  pelo campeonato de elite \"Taça Unitel\", com a finalidade de preparar os atletas nas categorias juniores e seniores nas disciplinas de tumbing e rítmica.

\"Com os novos aparelhos no país patrocinados pela federação internacional do Japão os nossos ginásticas estarão preparados para competirem em Jogos Olímpicos\".  A Taça Unitel envolve 120 desportistas dos quais, oficias, juízes, técnicos delegados e convidados. Deste número 67 ginastas em ambos os sexos nas disciplinas de tumbling , rítmica em masculino e
A Federação Angola de Ginástica remarcou o campeonato de elite \" Taça Unitel\", a decorrer de 8 a 11 de Junho, na província do Huambo.