Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federao apresenta So Silvestre

Silva Cacuti - 23 de Dezembro, 2016

Questes candentes sobre a vinda ou no de atletas estrangeiros e os quadros de premiao vo merecer a ateno dos jornalistas,

Fotografia: M.Machangongo

As dúvidas em torno da organização da 61ª edição da corrida de fim de ano, São Silvestre, vão ser dissipadas na manhã da próxima segunda-feira, durante uma conferência de imprensa convocada pela Federação Angolana de Atletismo (FAA).

Questões candentes sobre a vinda ou não de atletas estrangeiros e os quadros de premiação vão merecer a atenção dos jornalistas, a cinco dias do certame.

Dados disponíveis apontam para a realização para breve das habituais vistorias ao percurso da prova, por equipas multissectoriais do Governo Provincial de Luanda. As inscrições para prova começaram a ser feitas no dia 19 do corrente.

Até ontem, haviam 555 corredores inscritos, dos quais, apenas, 21 senhoras.

A federação tem vários postos de inscrição, além da sua sede, a Cidadela Desportiva, na marginal e nas lojas da NCR.

A 61ª edição da corrida tem um orçamento de 4 milhões de Kwanzas, segundo Joaquim Dombaxi, da federação.

A prova tem partida habitual no Largo da Mutamba e meta no Estádio dos Coqueiros, o percurso está fixado em 10 quilómetros. Os atletas vão passar pelas avenidas Amílcar Cabral, Revolução de Outubro, Ho-Chi Min, Alameda Manuel Van-Dúnem, ruas da Missão e 4 de Fevereiro, assim como os largos do Kinaxixe e Baleizão.

Alex Olotiptip, do Quénia com o tempo de 28 minutos e 45 segundos, seguido pelos compatriotas Daniel Chebie (28:46) e por Edwin Kipyego (28:51) venceu a prova masculina em 2015. A primeira senhora foi Jemina Sungong, que gastou 32 minutos e 15 segundos, secundada pelas compatriotas Peres Jepchiprchir (33:07) e Polline Wanjiku Njeeru (33:16).