Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federao combate dfice nas balizas

Silva Cacuti - 01 de Novembro, 2013

A Federao Angolana de Andebol (FAAND) comea hoje a executar um plano de combate ao dfice que se regista nas balizas

Fotografia: Jornal dos Desportos

Uma formação para técnicos de guarda-redes tem início hoje, às oito horas, no anfiteatro da Federação Angolana de Futebol, com prelecção do húngaro Biro Imre. As sessões práticas são realizadas no Campo do Catetão, afecto ao Petro de Luanda.

Segundo Pedro Godinho, presidente da FAAND, a fragilidade em guarda-redes foi identificada pela Comissão Técnica Nacional, daí a pertinência da acção formativa. O curso tem componente teórica e prática, os dois primeiros dias são reservados às sessões teóricas e os dois seguintes, às sessões práticas.  

O presidente da FAAND prometeu a continuidade da formação pelos clubes. “A ideia é dar continuidade a este tipo de formação, com a própria Comissão Técnica, abrangendo treinadores ligados aos clubes”, disse.

A FAAND chamou para a acção formativa representações das províncias de Benguela, Huambo, Namibe, Kwanza-Norte e Cabinda, sendo cada província representada por um treinador.

Enquanto atleta, Biro Imre representou a selecção da Hungria, com a qual disputou os Jogos Olímpicos de Seul (1988), no qual a Hungria obteve o 4º lugar e, também os Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona, onde obteve o 7º lugar.

O técnico húngaro trabalha ainda, durante a semana, com as guarda-redes Cristina Branco, Maria Pedro, Sílvia Mulabo e Teresa de Almeida, convocadas pelo seleccionador nacional, Vivaldo Eduardo, para a campanha da Selecção no Campeonato Mundial da Sérvia e no Campeonato Africano de Argel.

Esta não é a primeira vez que o andebol angolano beneficia da experiência internacional na área da formação de guarda-redes. Em 2011, o 1º de Agosto realizou uma acção formativa dirigida pelo holandês Hermanus Breuer.