Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federação enaltece Team Cuanza Sul

Helder Jeremias - 08 de Julho, 2016

A boa organização encantou a direcção

Fotografia: José Cola

A secretária-geral da Federação Angolana de Desportos Motorizados, Sandra Peixoto, considerou de "positiva" a realização do Grande Prémio Cuanza Sul em automobilismo e motociclismo que o autódromo de Belas acolheu nos dias 25 e 26 de Junho, no âmbito das festividades da cidade do Sumbe.

Uma parceira com o Team Cuanza Sul, o evento foi marcado por alto nível de organização e presença de público considerável, não obstante a ausência de algumas equipas e pilotos individuais que não conseguiram reunir as condições. A empreitada fez disputar as provas das classes EVO 600, AGP 600 (motorizadas) 2000cc, 1500 e GTS.

A executiva da FADM reconheceu que o actual momento do país afecta toda a classe de pilotos. A aquisição de peças, com destaque para pneus, tornou-se mais difícil. Por esse facto, exprimiu a sua solidariedade com aqueles que se limitaram a assistir às corridas. Perante a situação económica, apela a união de toda a família do automobilismo para se ultrapassar os obstáculos.

Sónia Peixoto acredita que a fase difícil vai chegar ao fim e os desportos motorizados vão voltar a registar momentos de grande intensidade com a realização de provas regulares e a presença de todos protagonistas. "É tudo uma questão de tempo", frisou.

No dizer de Sónia Peixoto, a direcção da Federação tem sabido cumprir com o seu papel no primeiro mandato. Como base de sustentação, a dirigente evoca a avaliação das acções realizadas em colaboração com os vários agentes desportivos existentes no país.

O Jornal dos Desportos apurou que a Federação está a projectar a realização do Grande Prémio Internacional Zé Dú, marcado para os dias 6 e 7 de Agosto, em alusão ao 74º aniversário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, a ser comemorado no dia 28 de Agosto.

"Ainda não lhe posso avançar qualquer pormenor quanto a esta questão, pois existem várias tarefas a serem levadas a cabo até que possamos ter dados precisos", frisou Sónia Peixoto.