Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federação Russa oferece cidadania a McGregor

12 de Março, 2016

O irlandês Conor McGregor pode tornar-se cidadão russo

Fotografia: AFP

O irlandês Conor McGregor pode  tornar-se cidadão russo, pelo menos é o que deseja a Duna Federal – um dos órgãos que compõe o Legislativo da Federação Russa. Após o campeão dos pesos -penas (66 kg) do UFC declarar na televisão que a Rússia é “uma das lideranças do planeta”, a entidade passou a considerar conceder-lhe a cidadania.

Caso o desejo do órgão realmente se concretize, Conor não vai ser o primeiro lutador a ganhar a cidadania russa. Em 2015, o ex - campeão mundial de boxe Roy Jones Jr.  naturalizou-se russo no que foi acompanhado pouco tempo depois por Jeff Monson, ex-atleta do UFC. De acordo com Dmitry Nosov, medalhista olímpico de judo e membro do Duma Federal, ser cidadão russo tem algumas vantagens.

“Em primeiro lugar, isso ia fazer-lhe economizar alguns milhões de dólares. O imposto aqui na Rússia é bem mais baixo e isso faria ele gastar bem menos. Além disso, ele vai poder lutar por esse país forte, poderoso e justo”, argumentou no programa de rádio “Moscow Speaking”.

Conor McGregor nasceu em Dublin na Irlanda e aparenta ser muito patriota, carrega sempre uma bandeira do país nas suas lutas. Aos 27 anos, o atleta foi derrotado no UFC 196 pelo americano Nate Diaz na última aparição no octógono. Actualmente, ‘Notorious’ colecciona um cartel com 19 vitórias e três reveses.