Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federao suspende responsveis dos clubes de Luanda por desacatos

06 de Abril, 2013

Atletas e dirigentes das duas colectividades entraram em pancadaria na final do Nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os chefes de departamento das equipas do 1º de Agosto e do Kabuscorp, Luís Plácido da Conceição e João Pedro “Judy”, estão suspensos de toda a actividade por dois anos, à luz do nº 4 do artigo 145, do regulamento geral da Federação Angolana de Andebol (Faand), na sequência dos incidentes registados no jogo da final do campeonato nacional de juvenis masculino, disputado da cidade do Namibe.
A suspensão dos dois responsáveis vem explanada num comunicado da Faand chegado à nossa redacção.

No final do jogo, atletas e dirigentes das duas equipas envolveram-se numa luta colectiva, em que os dirigentes citados não souberam intervir no sentido de acalmar os ânimos dos atletas.
De acordo com a nota, por envolvimento nos graves incidentes, fica também suspenso o treinador da equipa juvenil do 1º de Agosto, Marcelino de Freitas Nascimento. A suspensão do técnico tem um ano de duração.

Foram igualmente suspensos, por um ano, os atletas Braúlio Gomes, Eduardo Zongui, Lázaro Muajinga, Pompeu Ganga, Sílvio Kitangaxi, Gregório Ganga, José Americano, Manuel Garcia, Flávio Calombe, Djolin Ferreira (Kabuscorp do Palanca), Áureo Barros, Cláudio de Jesus, Paulo Pascoal, João Kassoma, Hermenegildo Bravo, Elizandro Garcia, Luís Lopes, António Kainda e Joaquim Moreno (1º de Agosto).

Os clubes foram abrangidos pela punição, nos termos do art. 179 dos regulamentos e devem pagar, cada um, uma multa de 250 mil kwanzas.
A suspensão de atletas, muitos deles seleccionáveis, ocorre no ano em que a Selecção Nacional de cadetes masculinos vai disputar o Campeonato do Mundo da categoria, agendado para 10 a 23 de Agosto, nas cidades húngaras de Budaos e Erd.

É a primeira vez que o andebol angolano regista incidentes de violência tão graves com actuação de atletas, dirigentes e treinadores.
A equipa do 1º de Agosto dominou os respectivos campeonatos nacionais. Em feminino venceu, na final, o Nacional de Benguela e em masculino, no jogo da confusão, venceram o Kabuscorp por 26-24.