Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federação celebra Dia Mundial

?lvaro Alexandre - 30 de Março, 2017

Os conceituados mesatenistas vão ser auxiliados por 60 atletas do escalão de cadetes.

Fotografia: Edições Nouvembro, José Cola

Um Festival Gimnodesportivo e cultural vai marcar no próximo sábado, a partir das 9h00, no Complexo Desportivo da Cidadela, as celebrações do Dia Mundial de Ténis de Mesa a assinalar-se a 6 de Abril.

Sob a organização da Federação Angolana de Ténis de Mesa, o evento vai prestar tributo à população vulnerável de Luanda, segundo o secretário geral da instituição, Manuel Morais.

\"Vivem longos dias sem ser lembrados, mas gozam dos mesmos direitos que eu. No Dia Mundial de Ténis de Mesa, decidimos dedicar maior atenção aos homens da terceira idade, portadores de deficiências e crianças desamparadas. Uma atenção especial para aqueles petizes que sentem a falta do acompanhamento dos pais e, em alguns casos, da sociedade\", explicou.

O convívio vai ser realizado no espaço defronte à Federação, no interior do perímetro da Cidadela Desportiva. O programa das festividades inclui demonstrações de partidas de ténis de mesa, sob o olhar de um público especial formado por idosos, paralímpicos e meninos de rua. Os convidados especiais vão ter a oportunidade de experimentar a prática de novas actividades desportivas, segundo Manuel Morais.

Para além da participação das pessoas da terceira idade, portadores de deficiências e crianças de ruas, a organização vai contar com as presenças do campeão nacional sénior masculino, Elizandro André, e os atletas José Mayone, José Domingos, Osvaldo Rocha, Octávio David, Ruth Tavares, Isabel Albino, Kalyane de Sousa, Eugénia Simões e Carla Ferreira. Os conceituados mesatenistas vão ser auxiliados por 60 atletas do escalão de cadetes.
ÁA

Total renova apoio ao Andebol


O apoio às selecções nacionais para o ciclo olímpico 2017/2020 vai estar regulamentado num protocolo entre a Federação Angolana de Andebol (Faand) e a multinacional petrolífera Total, a ser rubricado hoje, às 17h00, em cerimónia que acontece no Guest House daquela empresa.

O protocolo vai ser rubricado por Pedro Godinho, presidente da Faand, e Laurent Maurel, director-geral da empresa. O evento pode ser testemunhado por Ana Paula Sacramento, Secretária de Estado para a política do Desporto, segundo nota da Federação Angolana de Andebol.

A contrapartida para o apoio da petrolífera é a divulgação por parte da federação da logo marca da petrolífera nos eventos em que as selecções tomam parte e nos documentos oficiais.

Desde 2011, a petrolífera Total tem renovado as parcerias com a Faand e melhora a cada acordo. Inicialmente, o apoio era apenas destinado à selecção nacional sénior feminina. Há tempos, incluiu-se a selecção júnior feminina. A grande expectativa é de que o novo acordo estenda os apoios à selecção de cadetes.

Em 2016, a selecção de cadetes femininos não participou do campeonato mundial por dificuldades financeiras. A equipa nacional foi substituída pela formação juvenil do 1º de Agosto.

Realçar que, depois de ter conseguido no Rio de Janeiro a sua melhor prestação de sempre em Jogos Olímpicos ao passar à segunda fase do torneio, a Selecção Nacional recuperou o título africano ao vencer o campeonato disputado em Luanda, de 27 de Novembro a sete de Dezembro de 2016.
SC