Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federer continua a mostrar bom nível de forma na época

17 de Agosto, 2014

Roger Federer continua a demonstrar grande regularidade na temporada

Fotografia: AFP

No Masters 1000 de Cincinnati, ele alcançou mais uma meia-final. A vaga foi garantida sexta-feira, com triunfo sobre Andy Murray por 2 sets a 0 (6/3 e 7/5).

No primeiro set, o equilíbrio falou alto e cada "game"  arrastava-se, com os tenistas salvando consecutivos "breakpoints" dos rivais. No quinto "game", Federer impôs a primeira quebra do jogo. No "game" nove,  ele teve mais duas hipóteses e não desperdiçou a oportunidade de vencer o set por 6/3.

A segunda parcial foi mais complicada para Federer, que viu Murray abrir 4-1, com duas quebras no início do "set". Foi aí que Federer mostrou poder de reacção e buscou a reviravolta, impondo três quebras, fazendo 7- 5 e vencendo a partida por 2- 0.

Na meia-final, Federer encara o sacador canadense Milos Raonic. No histórico do confronto entre os tenistas, ampla vantagem para Federer, que venceu todos os cinco confrontos que fez contra Raonic.


Sharapova segue para as meias-finais

Mais duas semifinalistas do Premier de Cincinnati foram apurados: Maria Sharapova e Ana Ivanovic. Enquanto a  número seis do mundo derrotou Simona Halep por 2 sets a 1 (3/6, 6/4 e 6/4), a  número 11 do ranking passou facilmente por Elina Svitolina por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3.

Contra a segunda favorita da competição, Sharapova não teve vida fácil. Num primeiro set pouco inspirado, Sharapova não conseguiu confirmar nenhum serviço, apesar das três quebras que obteve. Assim, acabou derrotada por 6/3.

O panorama não parecia muito diferente no início do segundo set. Sharapova e Halep sofreram duas quebras cada nos primeiros seis games. No game sete, Sharapova conseguiu quebrar o serviço da romena mais uma vez e confirmou dois saques para vencer por 6/4 e forçar o terceiro set.

No terceiro set, depois de ver a rival abrir 2 a 0, Sharapova logo devolveu a quebra. No game nove, ela impôs nova quebra de serviço, confirmando a vitória no primeiro matchpoint, com um novo 6/4 e 2 sets a 1.

Ivanovic, por sua vez, não teve dificuldades contra Elina Svitolina, número 39 do mundo. Numa hora de partida, ela dominou o jogo e, com cinco quebras de serviço sobre a adversária, venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Na meia-final, Ivanovic defronta Maria Sharapova. No histórico do confronto entre as musas, vantagem para a russa, que venceu oito dos 11 duelos.

ISRAEL E ARGENTINA NA DAVIS
Sem poder jogar em casa por motivos de segurança, a equipa da ténis de Israel disputa a repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis contra a Argentina na cidade de Sunrise, na Flórida, nos dias 12, 13 e 14 de Setembro. O duelo estava inicialmente previsto para Tel Aviv, mas o conflito na Faixa de Gaza impediu que fosse realizado em território israelita.

"Uma sede neutra foi proposta pela Federação Israelita, que é mandante, mas não pode jogar em casa", explicou sexta-feira a Federação Internacional de Ténis em comunicado. "A sede foi aprovada pelo Comité da Copa Davis, à espera de uma visita de aprovação da ITF. O confronto é disputado em quadra dura e ao ar livre", completou a entidade.

Vice-campeã em 2011, a Argentina precisa de disputar a repescagem para se manter na elite do ténis mundial, depois da derrota para a Itália na primeira ronda da edição actual. Assim como Israel, o Brasil também tenta  voltar ao Grupo Mundial. Para isso, tem a difícil tarefa de derrotar a Espanha, em São Paulo.