Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federer e Djokovic nas meias-finais

21 de Novembro, 2015

Djokovic um pouco mais próximo do quarto título consecutivo do ATP Finals

Fotografia: APF

O tenista suíço Roger Federer, número três do mundo, derrotou quinta-feira o japonês Kei Nishikori (N.8) e garantiu uma vaga nas semifinais do ATP Finals de Londres, assim como o sérvio Novak Djokovic (N.1) que despachou o tcheco Tomas Berdych (N.6).

Federer  impôs-se com três sets, 7-5, 4-6 e 6-4, venceu a terceira partida na fase de grupos e deixou o japonês sem nenhuma possibilidade de classificação para as meias-finais do último torneio do ano.

Federer vai denfrontar nas meias-finais, o vencedor do duelo entre o suíço Stan Wawrinka (N.4) e o britânico Andy Murray (N.2), já que o espanhol Rafael Nadal (N.5) garantiu com antecedência o primeiro lugar do grupo “Ilie Nastase”.

Federer e Nishikori protagonizaram uma autêntica batalha em quadra e o suíço só definiu a vitória no terceiro set, após duas horas e dez minutos de jogo, o mais longo até agora no ATP Finals. No primeiro set, houve cinco quebras de serviço, três para o suíço e duas para o japonês. No segundo, Federer vencia por 4-1 antes de ver Nishikori virar e empatar a partida.

No último e decisivo set, a história repetiu-se: Federer abriu 4-1, viu o adversário remontar, mas desta vez segurou o ímpeto do japonês e fechar a partida.

Kei Nishikori vai estar em acção durante partida contra Roger Federer, em Londres, no dia 19 de Novembro de 201. Federer é o recordista de participações no ATP Finals, empatado com o americano André Agassi (14), e de títulos com seis conquistas.

Na outra partida do grupo “Stan Smith”, Djokovic, que precisava de um set para garantir a vaga, venceu o checo Tomas Berdych, 6-3, 7-5. Com a vitória, Djokovic  aproxima-se um pouco mais do quarto título consecutivo do ATP Finals -um feito inédito-, o quinto da carreira.

Como Federer garantiu a primeira colocação do grupo, Djokovic vai ter de enfrentar nas semifinais o primeiro da outra chave, o espanhol Rafael Nadal. Novak Djokovic pode comemorar a vitória sobre Tomas Berdych, em Londes, no dia 19 de Novembro de 2015.

"Sei o que me espera. Já jogamos tantas vezes...", lembrou Djokovic após a partida. "Nadal está a jogar muito bem desde o US Open, dá para ver que ele está mais confortável na quadra".

O ATP Finals, disputado em quadra dura, reúne os oito melhores tenistas da temporada e distribui um milhão de dólares ao campeão


BREVE

Rafael Nadal imbatível para o grande teste

Rafael Nadal venceu ontem o seu compatriota David Ferrer, por 6-7, 6-3 e 6-4, e acabou imbatível a fase de grupos dos Masters de Londres. O espanhol, vencedor do Grupo Grupo Ilie Nastase, vai agora encontrar Novak Djokovic nas meias-finais da competição, numa partida muito aguardada. Na outra partida das ‘meias’ Roger Federer espera ainda para saber o seu adversário que sairá da partida entre Andy Murray e Stanislas Wawrinka que decorria até à hora do fecho desta edição.