Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federer mantm Sua viva

06 de Abril, 2014

Tenista suo colocou a sua seleco nas meias-finais da Taa Davis

Fotografia: Reuters

Na abertura dos jogos dos quartos de final da Taça Davis, a equipa alemã encaminhou a sua classificação no jogo com a França, enquanto Roger Federer manteve a Suíça viva na disputa após uma surpresa do Cazaquistão.

Sem os titulares Tommy Haas e Philipp Kohlschreiber, lesionados, a Alemanha venceu as duas primeiras partidas contra a equipa francesa, que não contava com Richard Gasquet, em Nancy. A principal zebra foi a vitória de Peter Gojowczyk, número 119 do mundo, e sem nenhuma experiência no torneio, sobre Jo-Wilfred Tsonga, número 12 no ranking, por 3-2, com parciais de 5-7, 7-6 (3), 3-6, 7-6 (8) e 8-6, numa partida que durou quatro horas e 19 minutos.

No outro jogo entre as duas equipas, Tobias Kamke não teve dificuldades em bater Julien Benneteau por 3-0, com parciais de 7-6 (8), 6-3 e 6-2.
Assim, a França fica sem margem de erro na disputa, que continuou ontem com o duelo de duplas dos franceses Michael Llodra e Gael Monfils contra os alemães Andre Begemann e Tobias Kamke, e termina hoje com mais jogos de simples.

Enquanto isso, em Genebra, Roger Federer reergueu os suíços na disputa com o Cazaquistão. Na primeira partida, Andrey Golubev conseguiu uma surpreendente vitória sobre o número três do mundo, Stanislas Wawrinka, por 3-1, com parciais de 7-6 (5), 6-2, 3-6 e 7-6 (5).

Porém, Federer vingou o seu compatriota ao bater Mikhail Kukushkin por 3-0, com parciais de 6-4, 6-4 e 6-2.

Ontem, os dois suíços entraram em quadra novamente, no duelo de duplas, contra os cazaques Evgeny Korolev e Aleksandr Nedovyesov. Hoje, vai haver mais duas partidas de simples.

A República Checa, campeã nas duas últimas edições da Taça Davis, também deu um grande passo rumo às semifinais depois de derrotar o Japão duas vezes em Tóquio. Primeiro, Radek Stepanek ganhou de Tatsuma Ito por 3-1, com parciais de 6-7 (5), 7-6 (5), 6-1 e 7-5. Em seguida, Lukas Rosol derrotou Taro Daniel por 3-2, com parciais de 6-4, 6-4, 3-6, 4-6 e 6-2.

Ontem, os japoneses Tatsuma Ito e Yasutaka Uchiyama defrontaram os checos Radek Stepanek e Jiri Vesely nas duplas.

Já em Napoles, só foi realizada uma partida. Primeiro, o italiano Fabio Fognini venceu o britânico James Ward por 3-1, com parciais de 6-4, 2-6, 6-4 e 6-1.

O segundo jogo foi interrompido por falta de luz, quando o italiano Andreas Seppi ganhava ao britânico Andy Murray por 1-0, com empate em 5-5 no segundo set.

O jogo deve continuar hoje e pode mudar os planos da equipa britânica, já que Murray estava incluído na partida de duplas que vai ser disputada no mesmo dia. Ele deve ser substituído por Ross Hutchins, que ao lado de Colin Fleming defronta Simone Bolelli e Paolo Lorenzi.