Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Federer regressa ao top 5

18 de Setembro, 2013

Tenista suíço está de regresso ao lote dos cinco melhores tenistas do ranking mundial

Fotografia: AFP

Um mês depois de abandonar o top 5 ATP pela primeira vez em mais de dez anos, o suíço Roger Federer está de regresso ao lote dos cinco melhores tenistas do ranking mundial.

Federer, recordista no top do ranking ATP (302), trocou de posição com o checo Tomas Berdych, que perdeu alguns pontos referentes à Taça Davis. Apesar de ter ajudado a sua selecção a atingir a final da maior competição de selecções pelo segundo ano consecutivo, o checo jogou menos um encontro do que nas meias-finais de 2012 e essa diferença acabou por beneficiar Federer.

Apesar de estar de volta ao top 5, Federer não está a ter bons resultados na temporada. No Open dos Estados Unidos, último torneio em que participou, Federer foi eliminado logo nos oitavos-de-final após perder com o espanhol Tommy Robredo.

Sem torneios disputados na última semana por causa da Copa Davis, a alteração de posições entre Federer e Berdych foi a única no top 30.
O sérvio Novak Djokovic continua na primeira posição do ranking mundial, com 11.120 pontos, seguido de perto por Rafael Nadal, com 10.860. Andy Murray e David Ferrer ocupam a terceira e a quarta posições.

Entre os portugueses não houve qualquer mexida de relevo já que o Grupo II da Zona Europa/África (jogado pela equipa nacional) não oferece qualquer ponto para o ranking. João Sousa mantém o estatuto de melhor representante português e continua na 89.ª posição. Gastão Elias (132.º), Pedro Sousa (288.º) e Rui Machado (303.º) são os restantes representantes portugueses no top 500.

TÉNIS  ATP DE SÃO PETERSBURGO
Youzhny estreia com vitória



O segundo favorito ao título do ATP 250 de São Petersburgo principal representante local Mikhail Youzhny abriu a sua campanha no torneio com vitória sobre o compatriota Aslan Karatsev por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/2 e 6/2. A partida foi mais complicada que o esperado mas Youzhny não decepcionou a classe russa.

Karatsev fez óptimo primeiro set e abriu 1 a 0 com 7-5 no tie-break. Youhny acordou na partida e conseguiu a reviravolta com duplo 6/2. Nos oitavos de final o número 20 do mundo Mikhail Youzhny vai ter pela frente o vencedor do jogo entre o espanhol Guillermo García-López e o russo Mikhail Biryukov.

Outro atleta que fez a claque russa comemorar em São Petersburgo foi Karen Khachanov. Com apenas 17 anos o jovem atleta foi  responsável pela eliminação em dois tie-breaks do experiente romeno Victor Hanescu com duplo 7/6 (7-4). Agora aguarda a definição do confronto entre o lituano Ricardas Berankis e o checo Lukas Rosol.

Noutra partida o cazaque Andrey Golubev venceu o alemão Jan-Lennard Struff com parciais de 6/7 (3-7), 6/3 e 6/1. Na próxima fase, defronta o uzbeque Denis Istomin ou o australiano Samuel Groth.

MARIN CILIC
ESTÁ SUSPENSO


A Federação Internacional de Ténis (ITF) confirmou ontem a suspensão de nove meses do croata Marin Cilic. Um exame do número 24 do mundo feito em Abril constatou a presença de niquetamida, substância proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada) conhecida como Coramine – o seu nome comercial.

O exame de Cilic foi realizado no ATP de Munique (ALE) no final de Abril. Com isso a suspensão do croata é válida desde o dia um de Maio, o que o permite regressar às quadras a partir de 31 de Janeiro de 2014. Os pontos e os prémios somados pelo tenista nos quatro torneios disputados vão ser devolvidos.

Em sua defesa Marin Cilic alegou que ingeriu o estimulante em pastilhas de glicose compradas em nome de outra pessoa numa farmácia. O tribunal aceitou o argumento e amenizou a pena por entender que não teve a intenção de melhorar a performance e consumiu a substância de maneira acidental. As especulações sobre a suspensão de Cilic tiveram início após a desistência de Wimbledon, sob alegação de lesão no joelho. A imprensa croata revelou na época que havia testado positivo uma substância proibida, mas nem o tenista e nem a ITF se pronunciaram.

Esta é a segunda suspensão de um tenista de peso no circuito da ATP. O sérvio Viktor Troicki foi condenado a 18 meses de inactividade em Julho por se ter recusado a realizar teste de sangue em Abril.

ATP 250 METZ
Sam Querrey vence Karlovic na abertura


No primeiro jogo do ATP 250 de Metz na França e o único do dia o norte-americano Sam Querrey garantiu a vaga na segunda jornada da competição ao vencer na estreia o croata Ivo Karlovic  por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7/4) e 6/4  após 1 hora e 44 minutos. Com o resultado Querrey ampliou a sua vantagem no histórico de duelo entre os dois tenistas. No total acumula cinco vitórias e apenas uma derrota.

O tenista norte-americano teve um susto no início sofreu uma quebra no décimo jogo e perdeu o primeiro set. Nas parciais seguintes, também prevaleceu o equilíbrio e os jogadores souberam aproveitar o saque. Em geral de 33 pontos disputados só existiram seis oportunidades de quebra, com quatro delas no primeiro set.

Assim a segunda parcial foi decidida apenas no tie-break, em que o norte-americano se manteve sempre à frente para empatar o duelo. Na final quando o croata ficou em vantagem, Querrey conseguiu uma quebra no décimo jogo para cimentar a vitória.

Na próxima fase o Sam Querrey  vai enfrentar o vencedor do jogo entre o holandês Igor Sijsling e o francês Paul-Henri Mathieu.

ROGER FEDERER
VOLTA AO TOP 5


Mesmo sem jogar a Taça Davis  Roger Federer contou com um tropeço de Tomás Berdych para subir mais uma posição e chegar ao quinto lugar no ranking mundial de tenistas profissionais.

Em 2012 Berdych venceu duas partidas na competição por equipas, enquanto desta venceu apenas o único jogo que disputou. Como não conseguiu defender 75 pontos, caiu uma posição e viu o suíço ultrapassá-lo.

Apesar de estar de volta ao top 5, Federer não tem bons resultados na época presente. No Open dos Estados Unidos último torneio que participou, foi eliminado nos oitavos de final, após perder para o espanhol Tommy Robredo. Roger Federer  também vive uma situação complicada e conquistou apenas um título.

Sem torneios disputados na última semana por causa da Taça Davis, a alteração de posições entre Federer e Berdych foi a única que aconteceu no top 30.
O sérvio Novak Djokovic mantém-se na primeira posição do ranking mundial, com 11.120 pontos, seguido de perto por Rafael Nadal, com 10.860. Andy Murray e David Ferrer ocupam a terceira e a quarta posição.