Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fernando Alonso contra alterao do sistema de pontuao

13 de Julho, 2018

O actual sistema de pontuao da Frmula 1 est em vigor desde 2010 porque antes apenas os oito primeiros da corrida somavam pontos para a classificao

Fotografia: Dr

Fernando Alonso não se mostra favorável a uma possível alteração do sistema de pontuação no Campeonato do Mundo de Fórmula 1. O sistema actual atribui pontos para as contas do campeonato aos 10 primeiros, mas o grupo de estratégia anunciou, recentemente, a possibilidade de passar a atribuir pontos até ao 15.º ou mesmo até ao 20.º classificado, medida que não deverá entrar em vigor antes de 2021.
No entanto, o piloto da McLaren defende que o sistema actual está correcto até porque deve ser difícil marcar pontos na Fórmula 1, já que se trata de uma característica única da classe rainha do desporto automóvel.“Os pilotos da frente vão estar sempre nos pontos, mas para os restantes pilotos é óptimo conseguir dois pontos. Lembro-me, quando o Jules Bianchi foi nono em Mónaco e marcou pontos, foi quase como um milagre e um grande momento para o desporto. Se o sistema vier a ser alterado, então esses momentos deixam de existir\", sublinhou o piloto espanhol em declarações ao \"Sport.de\".
Recorde-se que o actual sistema de pontuação da Fórmula 1 está em vigor desde 2010. Antes, apenas os oito primeiros de cada corrida somavam pontos para a classificação do campeonato . Os pilotos do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 só regressam à acção de 20 a 22 de Julho em Hockenheim para o GP da Alemanha, na 11.ª ronda da temporada. No entanto, na última terça-feira, ficou a conhecer-se a escolha de pneus feita pelos pilotos para a prova germânica.
A Pirelli disponibiliza em Hockenheim os pneus de compostos médios, macios e ultra-macios e os dois primeiros do campeonato. Lewis Hamilton e Sebastian Vettel escolheram a mesma estratégia: dois jogos de pneus médios, quatro de pneus macios e sete de pneus ultra-macios.
A mesma táctica foi igualmente escolhida por Max Verstappen e Romain Grosjean. Já Valtteri Bottas, Kimi Raikkonen e Kevin Magnussen optaram por apenas um jogo de pneus médios, cinco macios e sete ultra-macios.
Mais ofensiva é a táctica da Renault, onde os dois pilotos da equipa francesa optaram por escolher dez jogos de pneus ultra-macios, com Nico Hulkenberg a escolher apenas um jogo de pneus médios e dois de macios, enquanto Carlos Sainz Jr. um jogo de pneus macios e dois de médios.
Na McLaren, Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne optaram pela mesma estratégia, com dois pneus médios, três macios e oito de pneus ultra-macios, estratégia que também foi utilizada por Daniel Ricciardo.