Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fernando Alonso recupera em casa

27 de Fevereiro, 2015

Fernando Alonso não participa dos testes colectivos desta semana e à saída do hospital as médicas pediram-lhe para sorrir

Fotografia: Reuters

O espanhol Fernando Alonso deixou o hospital na última quarta-feira, depois de dois dias internado na cidade de Barcelona. O piloto da McLaren estava em observação desde o acidente sofrido no último domingo, durante os testes colectivos da pré-época da Fórmula 1 no Circuito da Catalunha.

Fernando Alonso parecia plenamente recuperado ao sair do Hospital Geral da Catalunha a caminhar, acenar para os fotógrafos e sorridente. O bicampeão preferiu não fazer declarações. O piloto chegou a receber a visita do seu pai, José Luis Alonso, do seu representante, Luis García Abad, e do chefe da McLaren, Eric Boullier, antes de deixar o centro médico.

O espanhol sofreu um acidente no domingo, ao bater no muro durante o final da sessão da manhã dos testes. Inicialmente, foi levado ao centro médico da pista, mas depois foi encaminhado de helicóptero para o hospital. Os exames não apontaram qualquer lesão, mas permaneceu em observação por precaução.

A McLaren culpou os fortes ventos da Catalunha pelo acidente e descartou qualquer falha mecânica no carro. Inicialmente, Alonso devia permanecer somente 24 horas internado, mas alguns factores fizeram os médicos optarem por segurar o piloto por mais tempo, como, por exemplo, o facto de não se lembrar do acidente.

Apesar de garantir que Alonso está bem, a McLaren informou que não participa dos testes desta semana, que começaram ontem, novamente, em Barcelona. Alonso foi libertado para descansar com a família,  para que esteja em  condições para o início da época da Fórmula Um, no dia 15 de Março, na Austrália.

MAGNUSSEN COMEMORA
ALTA DO ESPANHOL ALONSO

O dinamarquês Kevin Magnussen, substituto de Fernando Alonso na última sessão de testes da pré-época da Fórmula 1 no circuito de Barcelona, comemorou a recuperação do espanhol, que recebeu alta do hospital onde estava após sofrer um acidente.

"Fico feliz por ver Fernando a sair do hospital", escreveu o piloto suplente da equipa McLaren no Twitter, poucos minutos depois da confirmação da saída do bicampeão mundial do Hospital Geral da Catalunha, onde permaneceu internado durante quase 72 horas depois do acidente ocorrido no domingo passado.

Ao lado do britânico Jenson Button, Magnussen assume o MP4-30 até domingo, no circuito de Barcelona para a última série de testes, antes do início do Mundial.

"Agora vou dar o melhor de mim para ajudar a preparar o carro para Melbourne nos testes desta semana", concluiu o piloto dinamarquês no Twitter.