Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ferrari procura resposta para queda de rendimento

04 de Julho, 2013

. Agora, se quisermos vencer o campeonato, e esse é o nosso objectivo, precisamos de melhorar o nosso carro”, disse Rosberg.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Ferrari está preocupada com a queda de rendimento do seu carro no Grande Prémio da Inglaterra de Fórmula 1, disputado no passado domingo, e trabalha de forma acelerada para encontrar respostas para as suas dúvidas antes do GP da Alemanha, marcado para o próximo domingo no autódromo de Nurburgring. Em Silverstone, Fernando Alonso e Felipe Massa tiveram dificuldade em acompanhar o ritmo dos seus rivais, sobretudo no treino de classificação. Na prova, a velocidade não foi a mesma dos ponteiros, mas os representantes da equipa italiana conseguiram bom resultado. Alonso ficou em terceiro, três postos à frente de Massa.

“O fim-de-semana não foi muito bom em termos de desempenho. Precisamos de perceber os motivos nestes dois ou três dias em casa. Há algo que eu penso ser maior do que pequenos detalhes que nos impediram de ir melhor em Silverstone. Isso é o mais importante para trabalharmos, entender e recuperar a performance”, avaliou o chefe da equipa, Stefano Domenicali. O dirigente da Ferrari disse que a necessidade de melhorar é urgente porque a Mercedes conseguiu resolver os problemas de desgaste dos pneus e começa agora também a colocar os seus pilotos como candidatos à vitória nas próximas corridas.

Em Silverstone, o alemão Nico Rosberg venceu a sua segunda prova na temporada - foi primeiro classificado também no GP de Mónaco - e aproximou-se dos primeiros da tabela do Mundial. “Reparamos que não é só a Red Bull que está forte, também Mercedes, que resolveu o seu problema de degradação de pneus. Agora, se quisermos vencer o campeonato, e esse é o nosso objectivo, precisamos de melhorar o nosso carro”, disse Rosberg.