Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ferrari satisfeita com os testes

06 de Fevereiro, 2015

Para completar a festa de Maranello Felipe Nasr garantiu o terceiro posto nos testes realizados em Jerez de la Frontera

Fotografia: AFP

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, afirmou que o teste de Jerez de la Frontera deu sinais encorajadores à Ferrari. O dirigente, entretanto, avaliou que as equipas rivais não mostraram o seu verdadeiro ritmo na pista andaluz.

Depois de quatro dias de testes, foi Kimi Räikkönen quem ficou com a melhor volta, 0s143 à frente de Sebastian Vettel, seu companheiro de equipa.
Completando a festa de Maranello, Felipe Nasr garantiu o terceiro posto. A Sauber do piloto brasileiro é empurrada pelo motor Ferrari, que deu um grande salto em relação ao desempenho apresentado no ano passado.

Apesar do bom desempenho, Arrivabene segue com os pés no chão e avalia que as demais equipas não mostraram o seu verdadeiro ritmo nessa primeira bateria de testes em Jerez.

 “Se comparar com o ano passado, esses últimos dias de testes produziram sinais encorajadores”, avaliou Arrivabene. “A equipa trabalhou bem, tanto em casa como na pista, e nossos pilotos fizeram um óptimo trabalho, dando um valioso feedback aos engenheiros”, continuou.

 “Mas, acima de tudo, estou satisfeito pelo grupo ter redescoberto a motivação e o espírito de equipa”, ressaltou. “Em termos de performance, não acho que nossos rivais, um em especial, tenham mostrado o seu verdadeiro potencial aos longo desses dias. Acho que nós só vamos descobrir a verdade sobre eles e sobre nós mesmos na última sessão do teste de Barcelona”, concluiu.

FELIPE DESTACA
CONFIABILIDADE

Felipe Massa e Williams tiveram dias tranquilos de testes, nessa semana, em Jerez de la Frontera, nas sessões de desenvolvimento da temporada 2015 de F1. O modelo FW37 da equipa britânica não se destacou na cronometragem, mas por outro lado demonstrou confiabilidade e potencial.

“O FW37 mais uma vez mostrou que é muito confiável tendo um dia sem qualquer problema. O carro foi consistente nos últimos quatro dias e fizemos progressos”, disse o piloto brasileiro. “Nos concentramos onde nós precisávamos melhorar e deu para notar que, sempre que entrávamos na pista, o carro havia melhorado um pouco”, acrescentou.

“Vamos manter os pés no chão e evoluir para ter um carro ainda mais veloz em Barcelona”, completou o piloto. Com a marca de 1min23s116, Massa obteve o quinto melhor tempo no ensaio desta 4ª-feira em Jerez. O mais veloz do dia foi o finlandês Kimi Räikkönen, da Ferrari, com o tempo de 1min20s841.