Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Festa continua no corao dos ilhus

Rosa Panzo - 15 de Outubro, 2016

foi uma festa fantstica, onde os atletas, treinadores e a organizao em geral fizeram a sua parte

Fotografia: Jornal dos Desportos

Ainda na ressaca da conquista das duas medalhas de ouro,  as vozes  autorizadas do desporto náutico não se calaram perante o facto inédito, alcançado no Campeonato Africano de Vela da classe Optimist, que o país acolheu de 6 a 14 deste mês. 

No ambiente de sol ardente da tarde de quinta-feira, com gritos e lágrimas de alegria a mistura no rosto dos angolanos, Nuno Gomes,  vice-presidente para vela da Federação Angolana do Desporto Náutico, não esteve à leste do acontecimento. Soltou a sua voz para reconhecer o esforço patenteado pelos atletas e os membros da organização.

"foi uma festa fantástica, onde os atletas, treinadores  e a organização em geral fizeram a sua parte", frisou.

Num campeonato onde todos deram o melhor de si, para a conquista do título inédito, o dirigente fez uma avaliação positiva do trabalho do júri.

"Nesta competição o júri esteve muito bem, penalizou onde tinha que o fazer e fez o seu trabalho sem atropelos", salientou Nuno Gomes.

O dirigente federativo estendeu o sonho nas outras variantes da modalidade de vela. "A actual aposta de Angola passa para as  quatro classes ( optimist, laser 4.7, laser standard e laser radial). Nas classes temos estado a implementar um trabalho amplo. Esta acção já data de há 8  anos. São classes candidatas a título no nosso continente", sublinhou. Entretanto, o presidente do Clube Naval de Luanda, Mário Fontes,  sensibilizou a sociedade angolana para prestar apoios  à modalidade.