Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

FIA cria segunda zona para asa dianteira móvel

03 de Outubro, 2013

FIA) anunciou a criação da segunda zona para abertura da asa traseira móvel no Grande Prémio da Coreia do Sul

Fotografia: AFP

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou a criação da segunda zona para abertura da asa traseira móvel no Grande Prémio da Coreia do Sul de Fórmula 1, de forma a aumentar o número de ultrapassagens.

Na época passada, a prova contou com apenas um ponto para uso do artifício.
A primeira zona de uso da asa traseira móvel é a mesma de 2012, entre as Curvas dois e três do Circuito de Yeongam. Já o novo sector é na recta dos boxes, com ponto de detecção logo após a Curva 15.

Na época passada o Grande Prémio da Coreia do Sul de Fórmula 1 foi vencido por Sebastian Vettel, seguido do seu companheiro na Red Bull, Mark Webber.
A dupla da Ferrari formada por Fernando Alonso e Felipe Massa chegou logo atrás.

Para a corrida deste ano em Yeongam os pilotos da Red Bull são novamente favoritos a ocupar as primeiras posições devido ao histórico de resultados. Fernando Alonso venceu a primeira edição da prova em 2010, mas viu Vettel subir ao lugar mais alto do pódio nos últimos dois anos.

Tufão pode atrapalhar
o GP da Coreia do Sul


O tufão Doraji aproxima-se da costa sul da Coreia do Sul e pode atrapalhar a 14ª etapa do Mundial de Fórmula 1. De acordo com o Serviço Meteorológico da Coreia, o tufão formou-se na costa nordeste de Taiwan e ruma em direcção norte, com ventos de 70km/h. Mesmo que não passe pela costa, o Doraji pode causar muita chuva no local da prova.

«Devido à influência de massas de baixa pressão, não temos a certeza qual o curso que Doraji pode seguir», afirma Kim Sung-mook representante do Serviço Meteorológico Coreano.

A primeira prova no Circuito de Yeongam  em 2010  foi tumultuada devido às fortes chuvas. Muitas largadas e acidentes marcaram a prova que terminou com a vitória do espanhol Fernando Alonso.

Red Bull confiante
em Daniel Ricciardo


Confirmado como substituto de Mark Webber na Red Bull para próxima temporada Daniel Ricciardo está em fase de preparação para assumir o cockpit do principal carro da Fórmula 1 na actualidade. Apesar da pouca experiência do piloto australiano o chefe da equipa austríaca Christian Horner mostrou tranquilidade para o Mundial de 2014.

“Em muitos aspectos Daniel não vai estar pressionado nas primeiras corridas, pois não tem nada a perder. Há mais expectativa do que na Toro Rosso, mas essa pode ser uma maneira de aprender a competir ao lado de um multicampeão”, afirmou o dirigente, ao referir-se ao tricampeão Sebastian Vettel.

Aos 24 anos Ricciardo compete na Fórmula 1 desde 2011, quando pilotou pela Hispania em 11 etapas e não somou nenhum ponto, pelo que encerrou o Mundial na 27ª posição. Na Toro Rosso desde a última temporada o australiano tem a sétima posição no Grande Prémio da China de 2013 como o melhor resultado na categoria. Tricampeã do Mundial de Construtores nos últimos anos a Red Bull tem Sebastian Vettel a liderar o campeonato entre os pilotos e segue rumo ao seu quarto título da categoria. Mark Webber por sua vez é o quinto colocado no seu ano de despedida da Fórmula 1.

“Não tenho nenhuma dúvida de que Daniel vai continuar a crescer e a ficar mais forte. A verdade é que ele é rápido, inteligente e chega à equipa com dois anos e meio de experiência na categoria no seu currículo. Ou seja não é um novato”, encerrou Horner.