Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

FIA define procedimentos e regras

17 de Janeiro, 2015

Aprovada utilização do safety car virtual FIA define procedimentos para a utilização do sistema

Fotografia: AFP

Após a aprovação para a utilização do safety car virtual na Fórmula 1, a Federação Internacional de Automobilismo definiu os procedimentos e regras para a utilização do sistema. Nesta quinta-feira, a entidade anunciou que vai implantar no regulamento um artigo sobre o novo aparato.

No livro de regras da categoria mais tradicional do automobilismo, o safety car ganhou o artigo 41. Nele, está esclarecido que o sistema pode ser colocado em acção, quando “as duas bandeiras amarelas forem necessárias em algum sector da pista e competidores ou fiscais estiverem em perigo, mas se as circunstâncias não implicarem o uso do safety car real”.

O accionamento do safety car virtual deve ser indicado em uma placa electrónica dos fiscais com a sigla VSC. Com isso, os competidores só vão ter autorização para entrar nas boxes para a troca de pneus.

O não cumprimento dessa regra pode implicar uma penalização imposta pela FIA.Uma mensagem oficial vai ser enviada para as escuderias quando o safety car virtual for desligado e  indicar que a pista está segura para o recomeço da corrida.

Por outro lado, para conter gastos, a Fórmula 1 vai diminuir o número de testes colectivos realizados durante a época de 2015. No ano de 2014, foram executados quatro, agora passam a ser apenas dois, que vai acontecer em Barcelona e na Áustria. As informações foram divulgadas no site oficial da escuderia Red Bull.

Silverstone, Sakhir e Abu Dhabi deixam de sediar, portanto, os testes colectivos. Desses três, apenas a cidade de Barcelona permaneceu com o seu posto. O Bahrein foi o primeiro a não receber mais esse “evento” na pré-época.

A medida faz parte de uma série de outras acções da Fórmula 1 para economizar capital. As crises e problemas financeiros enfrentados por várias equipas participantes da categoria são a causa.

A direcção da maior categoria do automobilismo está a discutir a redistribuição de renda por esse motivo.

GP da Alemanha
é em Hockenheim

Está completo o calendário de 2015 do Mundial de Fórmula 1. Nurburgring deixou de ter a possibilidade de receber o GP da Alemanha.

Hockenheim vai ser o palco do GP da Alemanha este ano e acaba assim com a alternância com Nurburgring. Em declarações à Reuters, Bernie Ecclestone colocou um ponto final à dúvida e assegurou que a corrida vai ser em Hockenheim.

“Temos um contrato e só vai ser necessário aumentar os anos do acordo. Havia alternância com Nurburgring, mas isso vai ser anulado. O GP da Alemanha vai ser em Hockenheim. Não pode ser em Nurburgring, porque não há lá ninguém”, referiu o patrão da F1.Fica completo o calendário oficial de 2015, em que faltava definir o circuito que ia receber a corrida germânica.