Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Filha de Ecclestone perde milhes de dlares

23 de Dezembro, 2019

Fotografia: Dr

A mansão de Tamara Ecclestone, filha do ex-chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, foi invadida por um presumível homem que se apoderou de 64 milhões de dólares em jóias. O roubo deixou intrigado a proprietária da mansão e o seu progenitor.
Em reacção ao sucedido, Bernie Ecclestone disse ao jornal britânico \"The Guardian\" que há um funcionário que trabalha na mansão da sua filha envolvido no roubo. Tamara mora em Kensington Palace Gardens, um dos locais mais nobre e mais seguro de Londres.
\"Eu não tenho acesso a todos os factos, mas tendo em vista toda a forte segurança da casa, suponho que tenha sido um funcionário interno. É uma coisa horrível e aconteceu justamente assim que ela deixou a casa para ir à Lapônia. Apesar disso, foi melhor que ela não estava lá no momento\", disse o empresário de 89 anos.
Horas após o crime, Tamara Ecclestone publicou o seguinte versículo bíblico na sua conta oficial no Instagram: \"Pois não há nada escondido que não seja descoberto e nada oculto que não seja conhecido ou revelado ao público\". O marido da filha de Bernie, Jay Rutland, também deixou uma mensagem nas redes sociais: \"Sei que você está a mentir, mas continue\".Tais mensagens indicam que o casal possivelmente desconfia de alguém, de acordo com The Guardian. Um porta-voz de Tamara declarou que a socialite está \"irritada e abalada\" com a invasão.
Em entrevista ao jornal \"The Sun\", o especialista em segurança virtual, Ray Walsh, afirmou que o reality show protagonizado por Tamara e um anúncio das suas férias nas redes sociais podem ter sido pistas para quem planeava a invasão.
\"Tamara já revelou detalhes sobre a sua casa no seu reality. A combinação disso com o anúncio que estava a sair de férias e que ficaria longe da sua casa parece ter culminado no pior resultado possível para ela. O assalto à casa de Tamara é um exemplo perfeito do motivo pelo qual as pessoas precisam ter cuidado com o que publicam nas redes sociais\", disse Walsh.
As autoridades acreditam que os ladrões passaram pelo jardim antes de invadirem a casa e chegarem aos cofres escondidos num dos quartos. A polícia contou com o auxílio de cães farejadores para vasculhar a propriedade e está a avaliar o circuito interno de câmaras de segurança.