Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fim s indemnizaes por formao

06 de Dezembro, 2014

Amado da Silva lder da FPR garantiu que vai responder ao IPDJ depois de ouvir os clubes

Fotografia: AFP

O líder da FPR, Amado da Silva, admitiu ontem que este tem “reconhecidas fragilidades quanto à legalidade e constitucionalidade”, numa missiva enviada a todos os presidentes dos clubes, onde pede a posição dos mesmos sobre o regulamento.

Ao que apurámos, o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) questionou a FPR quanto aos moldes deste regulamento, no seguimento de uma exposição enviada ao organismo por um atleta que vai estar impedido de jogar por falta de entendimento entre os seus anterior e actual clubes.

Nesse sentido, apesar de não haver qualquer “ultimato” da parte do IPDJ, o líder federativo admite que dificilmente o regulamento pode  continuar em vigor.

Amado da Silva garantiu-nos que apenas vai  responder ao IPDJ depois de ouvir os clubes e que, “caso a maioria seja a favor da continuidade”, vai defender “essa posição até ao fim” junto do organismo estatal, mas reconheceu que “é difícil justificar os moldes do regulamento” e que “a tendência será suspendê-lo”.