Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Finlândia regressa ao calendário/2019

04 de Agosto, 2017

Os rumores já circulavam há algum tempo e ontem chegou a confirmação de que a Finlândia vai mesmo regressar ao Mundial de MotoGP. A notícia surgiu após a realização de uma conferência de imprensa na Casa da Música de Helsínquia. Esse regresso ocorrerá já em 2019 depois de ter sido assinado um contrato de cinco anos com a Dorna, entidade promotora do Mundial.

O novo circuito de KymiRing, que está em fase de construção e localiza-se em Iitti, será o palco que vai receber o Mundial de MotoGP, num evento em que é esperado um grande impacto financeiro para a economia do sul da Finlândia, país com forte paixão pelo motociclismo.

“Vamos propor à Federação Internacional de Motociclismo a inclusão da Finlândia no calendário a partir de 2019. Hoje é um grande dia, pois já passaram muitos anos desde que o Mundial visitava o circuito citadino de Imatra.

A Finlândia é um país com muita tradição no motociclismo tendo produzido grandes pilotos no passado. Lembro-me de Jarno Saarinen e mais recentemente Mike Kallio entre outros.

Os finlandeses têm cultura de motociclismo e penso que o KymiRing será palco de grandes corridas no futuro. O desenho do circuito é interessante uma vez que é rápido e seguro”, afirmou o responsável máximo da Dorna, Carmelo Ezpeleta.

Recorde-se que a Finlândia estreou-se no Mundial de MotoGP em 1962, tendo recebido de forma ininterrupta um Grande Prémio até 1982. Nos dois primeiros anos a prova decorreu no circuito de Tampere passando depois para o já referido circuito citadino de Imatra.

Resta agora saber se com a entrada do país nórdico teremos no futuro um aumento do número de Grandes Prémios por época, actualmente são 18, ou se por outro lado a Finlândia entrará para o lugar de outro país.