Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Francs Sbastien Ogier refora liderana no Rali

10 de Março, 2014

Sbastien Ogier refora liderana

Fotografia: AFP

O piloto francês Sébastien Ogier (VW Polo-R) aumentou no sábado a liderança no Rali do México, terceira prova do Mundial de Ralis, ao fim das duas primeiras especiais (12 e 13) do segundo dia de corrida. Ao fim das duas primeiras especiais (num total combinado de 84 quilómetros cronometrados), o campeão do Mundo segue confortavelmente na frente, com 49 segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipa, o finlandês Jari-Matti Latvala, e 3.51 minutos face ao belga Thierry Neuville, em Hyundai.

“Não forcei. Apenas preciso de controlar a distância para o Jari-Matti e evitar cometer erros. Até ao momento, esta etapa está perfeita. Enfim, ainda falta muito até ao fim do rali”, comentou o piloto francês.

O piloto finlandês, por seu turno, negou que a Volkswagen tenha dado ordens de equipa, preferindo salientar que a distância para Ogier já é quase inultrapassável. “Não há estratégia de equipa, mas, de qualquer forma, não vou conseguir anular 50 segundos de atraso (...).

O Sébastien já está demasiado longe. Este resultado é bom para a equipa e, a menos que haja um acidente, não há forma de alterar as posições”, considerou Latvala. Ogier, vencedor da prova no ano passado, já tinha arrancado bem o primeiro dia de rali, abrindo uma vantagem de 26 segundos para o norueguês Mads Ostberg (Citroën DS3) e de 42,5 segundos para Latvala. O rali do México prosseguiu ontem, com mais cinco especiais (da 14ª à 18ª). A próxima etapa do Mundial é o Rali de Portugal, que se disputa de 3 a 6 de Abril.

Rasul Dabo falha meias-
-finais dos 60 m barreiras

Rasul Dabo, recordista nacional dos 60 metros barreiras, caiu este sábado na eliminatória da especialidade dos Mundiais de pista coberta, em Sopot, na Polónia, e falhou o apuramento para as meias-finais.

Na primeira das quatro séries, o atleta do Benfica apoiou mal o pé depois de saltar uma barreira e foi forçado a desistir, chegando mesmo a ser assistido em plena pista. A 27 de Fevereiro, Rasul Dabo bateu o recorde nacional dos 60 metros barreiras em pista coberta, ao ser segundo classificado no “meeting” francês de Metz, com o tempo de 7,66 segundos.

O atleta do Benfica, que já detinha o recorde de 7,68 segundos desde os campeonatos da Europa de Gotemburgo, disputados em Março do ano passado, tendo retirado em Metz dois centésimos de segundo à marca. Na sexta-feira, Eva Vital tinha sofrido um entorse no pé esquerdo quando aquecia para a sua série de 60 metros barreiras e acabou por não poder participar.

Ainda nesta segunda jornada, Portugal vai estar representado por Patrícia Mamona, que disputa a final do triplo salto, sendo apontada como uma das candidatas à medalha. Na qualificação de sexta-feira, a atleta do Sporting foi sétima, com 13,83 metros, fazendo dois nulos.