Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Francês Tsonga regressa ao top

12 de Agosto, 2014

Atleta assumiu a condição de top dez ao facturar o título do Masters 1000 de Toronto

Fotografia: AFP

Jo-WIlfried Tsonga regressou  à condição de top dez ao facturar o título do Masters 1000 de Toronto, no último domingo. A sua maior conquista, empatada com a do Masters de Paris, em 2008, fê-lo subir cinco posições no ranking da ATP, colocando o tenista de Le Mans no décimo posto, algo que não acontecia desde a primeira semana de Março.

Com a inclusão de Tsonga,  deixou de figurar nesta faixa de ranking o lesionado Juan Martin del Potro, que não joga desde Fevereiro por causa de uma lesão no punho e deve voltar ao Open EUA. Outra mudança no top dez foi a ascensão de David Ferrer, que ultrapassou Milos Raonic e assumiu o sexto lugar.

No topo da lista, Novak Djokovic aproveitou a ausência de Rafael Nadal em Toronto para abrir mais de mil pontos de vantagem. Terceiro colocado,  Roger Federer segue bem distante dos dois e mesmo com o vice no Masters 1000 canadense aparece exactos cinco mil pontos atrás do canhoto de Mallorca.

Quem aproveitou a boa campanha em Toronto para subir foi Feliciano López, que com as semifinais ganhou nove posições e agora ocupa o 16º lugar. Na contramão aparecem  Vasek Pospisil, que perdeu 19 posições e agora é o 46 do mundo, e Jerzy Janowicz, que caiu 13 postos e se encontra actualmente na 65ª posição.

Entretanto, a maior queda no top 100 foi a de Marinko Matosevic, que desceu 30 lugares e aparece no 89º posto. No ano passado, ele tinha furado o "quali" no Masters canadense e surpreendeu na chave principal, indo até aos quartos-de-final, sendo superado apenas por Nadal, que depois acabou por conquistar o título.

Entretanto, a última semana foi muito boa para André Ghem e Guilherme Clezar, que conseguiram bons resultados nos "challengers" que disputaram. Clezar foi semifinalista em San Marino e Ghem ficou com o vice-campeonato em Praga, campanhas que impulsionaram os dois no ranking.

Quem se deu melhor foi Ghem, que saltou incríveis 41 lugares e se aproximou do top 200, aparecendo ontem no 210º posto. Por sua vez, Clezar conseguiu voltar à faixa dos 200 melhores, ganhou 14 posições e agora é o 194º do mundo. Embora tenha feito boa campanha na semana passada, Clezar não vive grande temporada, tanto que até começar a sua participação em San Marino nem sequer figurava entre os  melhores do ano.

Tsonga triunfa em Toronto

O tenista Jo-Wilfried Tsonga venceu no domingo o torneio de ténis canadiano de Toronto ao derrotar na final Roger Federer.
Tsonga, 13.º cabeça de série, efectuou 11 ases e 26 "winners" para bater Federer, que completa 33 anos dentro de dois dias, por 7-5 e 7-6 (7-3), num encontro em que Federer cometeu 37 erros não forçados.
"Se acreditares em algo, isso pode acontecer. Estou orgulhoso com o que alcancei esta semana", disse no final Tsonga, 29 anos, depois de ter derrotado Federer e numa semana em que deixou ainda pelo caminho o "número um" do "ranking", Novak Djokovic, e Andy Murray.