Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Froome acusa Nibali de falta de desportivismo

26 de Julho, 2015

Fotografia: AFP

Isso, porque o primeiro, Chris Froome, acusou o segundo, Vincenzo Nibali, após o termo da tirada, de falta de desportivismo por tê-lo atacado quando este teve de parar, para consertar um problema mecânico na roda traseira da bicicleta.

“Senti, que foi a avaria que sofri, a provocar o ataque dele”, declarou Froome, camisola amarela da prova que termina domingo e tem este sábado a última etapa de montanha, com final no mítico Alpe d'Huez. A atitude de Nibali, foi, conforme o líder da Sky, “de falta de desportivismo e nada de acordo com o espírito do Tour”. “Foi como se ele tivesse toda a subida para atacar, mas escolheu fazê-lo quando tive a avaria”, acrescentou Froome e mais disse ainda: “Disse-lhe, exactamente, aquilo que penso dele”.

Nibali confirmou as críticas feitas por Froome, mas não as admite. “O que ele disse não é justo, foram palavras demasiado duras, que não deviam ter sido ditas. Ele estava muito irritado comigo e não percebo, qual é o problema dele”, afirmou o italiano, que considera normais os problemas sofridos pelos ciclistas durante a corrida. “Como a queda de Contador, noutro dia. Antes de se fazerem julgamentos, deve-se pensar e reflectir. Ele atacou-me e eu podia ter discutido, mas isso, não mudará nada”, replicou o chefe de fila da Astana.