Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fundao Bai desafoga CPA

Silva Cacuti - 05 de Julho, 2016

Fundao BAI garante apoio financeiro para a realizao do nacional com muletas

Fotografia: Jornal dos Desportos

Um acordo de parceria, rubricado ontem, permite  a realização do campeonato nacional de futebol com muletas, sem grandes preocupações financeiras, garantiu António da Luz, secretário -geral do Comité Paralímpico Angolano CPA. O acordo foi rubricado por Leonel da Rocha Pinto, presidente do CPA e Francisco Chita, administrador - executivo da Fundação Bai.

António da Luz explicou, que à luz do documento assinado, a fundação fornece ajuda financeira ao CPA, direccionada  ao cumprimento do seu programa de competições nacionais.  Anualmente, o vínculo pode ser renovado entre as partes.

"É uma parceria com a Fundação Bai, que permite que nós continuemos a cumprir o nosso programa nacional. É um apoio direccionado a ajudar-nos na realização do campeonato nacional de futebol com amputados, que está agendado para Outubro. Temos algumas dificuldades para cumprirmos o nosso programa, realizamos o campeonato de basquetebol em cadeiras de rodas, está programado para os dias 9 e 10 do corrente o campeonato de atletismo em pista, faltava algum apoio para realizarmos o campeonato de futebol com muletas", disse.

O responsável realçou ainda, o momento que surge a parceria, porque as dificuldades já se apresentavam.

"A fundação surge numa boa altura, porque o valor que nos foi concedido serve para, pelo menos, apoiarmos em 50 por cento, os gastos com o campeonato de futebol, uma especialidade desportiva em que Angola é vice -campeã mundial ", concluiu.Leonel da Rocha Pinto, presidente de direcção do CPA, referenciou que apoios como o da Fundação BAI são um encorajamento para a prossecução dos objectivos da instituição.

"Situações como esta, deixam-nos mais confortáveis e estimulam a prosseguir com aquilo que são os objectivos do CPA que é produzir resultados, elevar o nome do país  mais alto.

Hoje, orgulha-nos dizer que somos os embaixadores mais credíveis de Angola, em termos de desporto", considerou.
Por seu turno, Francisco Chita referiu que o vínculo com o CPA decorre da responsabilidade social da instituição, e o apoio é dado de acordo com as disponibilidades e capacidades da fundação.         
SC