Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fundista do Petro conquista Taa Amrica Boavida

lvaro Alexandre - 01 de Outubro, 2013

Taa Doutor Amrico Boavida visou saudar o Dia do Trabalhador da Sade comemorado no pas no passado dia 25 de Setembro

Fotografia: Jornal dos Desportos

O fundista Lourenço António, do Petro de Luanda, conquistou no final de semana a X edição da Taça Doutor Américo Boavida, disputada nas ruas de Luanda.
O atleta petrolífero concluiu os 3,6 quilómetros em nove minutos e 58 segundos.

No segundo posto ficou Domingos Domingos, do 1º de Agosto, com dez minutos e 22 segundos. Alberto Pedro, do Interclube, com dez minutos e 24 segundos, ficou em terceiro lugar, seguido de Avelino Afonso, com dez minutos e 26 segundos e de Alfredo Tomé, com dez minutos e 26 segundos, ambos do 1º de Agosto.
Em feminino, Madalena Correia, do 1º de Agosto, foi a melhor da classe, com 13 minutos. Inácia Martins, do 1º de Agosto, com 14 minutos, ocupou o segundo lugar, ao passo que Rode Eduarda, do Ferroviário de Luanda, completou o pódio, ao terminar a prova com 15 minutos.

Em quarto lugar ficou Helena Faustino, do 1º de Agosto, com 15 minutos e em quinto Maria da Silva, do Ferroviário de Luanda, com o mesmo número de pontos.
Na classe dos deficientes, José Dias foi o grande vencedor, com 13 minutos. Em segundo e terceiro ficaram os atletas Sebastião Neves (14’) e João José (15’).
Cláudia Kinganga dominou a classe feminina com 19 minutos. Madalena Miguel (21’) e Milaide Baltazar (24’) ocuparam os lugares seguintes.

Na classe dos atletas do sector da Saúde, Brás Barbosa foi o destacado com 27 minutos. Cortaram a seguir a linha de chegada Manuel Frazão, Alexandre Domingos, Alfredo Quarenta e Almeida João.

A X edição da Taça Doutor Américo Boavida esteve enquadrada nas festividades do Dia do trabalhador da Saúde e teve como ponto de partida o Hospital Maternidade Lucrécia Paim, seguindo para a Avenida Ho Chi Minh, Largo da Independência, Avenida Ho Chi Minh, Avenida Alameda Manuel Van-Dúnem, Avenida Hoji ya Henda, terminando no Hospital Américo Boavida.