Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fundo Lwini apresenta Praia para Todos

Rosa Panzo - 15 de Abril, 2017

O programa reserva a entrega de instrumentos às pessoas com deficiências físicas a fim de nadarem independentemente das lesões.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O acto de apresentação do Projecto Praia para Todos acontece à margem do lançamento e da realização do Festival Nadar 12 Horas, uma actividade filantrópica às expensas do CNIL, segundo Nelson Benjamim, membro da Comissão Organizador.

O acordo de cooperação entre o Fundo Lwini e o CNIL visa proporcionar aos nadadores paralímpicos a possibilidade de nadarem na piscina de 25 metros como pessoas normais.

Nelson Benjamim afirmou que \"além da apresentação do Projecto Praia para Todos, a Fundação Lwini pretende apoiar a causa solidária para com o Lar da terceira idade Beiral com cadeiras de rodas, andarilho, canadianas, camas e outros utensílios\".

O Festival Nadar 12 Horas decorre das 10h00 às 22h00 na piscina do CNIL. As inscrições continuam abertas até trinta minutos antes do início da partida. As pessoas participantes devem fazer-se acompanhar de bens não perecíveis para o Lar Beiral. Até o momento, 400 nadadores de diferentes faixas etárias confirmaram a participação. A organização estabeleceu como meta meio milhão de nadadores entre federados e não federados.

A empresa Refriango, Grupo Maló Jaime Musical, Unitel, CNIL, Produtor áudio Visual e Televisivo, Ginásio Konceito e os restaurantes Tamaris, Caz de 4, Convés, Jango Veleiro e algumas pessoas singulares anónimas patrocinam o Festival Nadar 12 Horas.

A coordenação do evento está a cargo de Nelson Benjamim, João Mendes, Andrício Domingos e Carlos Alberto todos afectos ao Clube Náutico da Ilha de Lunada.

Na lista de donativos a angariar, os promotores esperam receber leite, papas, iogourtes, sumos, frutas, bolachas, açúcar, óleo, sal, feijão, arroz, grão, café, fraldas, cotonetes, camas, berços hospitalares para adultos, lençóis, resguardos de borracha, colchões, mosquiteiros, roupas, calçados, livros, cadernos, canetas, lápis, cadeiras de rodas, monitores, aspiradores, nebulizadores, frascos de drenagem, laringoscópios, bolas de oxigénio, fontes luminosas, ente outros.

A entrega dos bens ao Lar Beiral está prevista para o dia 3 de Maio próximo.


DESPORTO ADAPTADO
Governante
manifesta apoio


O Governo de Angola apoia a prática desportiva nas diversas modalidades, sobretudo, o movimento paralímpico nacional e internacional, afirmou a Secretária de Estado Para a Política Desportiva, Ana Paula Sacramento Neto.

Falando em representação do Ministro da Juventude e Desportos, Albino da Conceição José, a responsável disse que existem pessoas no país cuja esperança de vida era muito reduzida, mas a situação tem sido ultrapassado graças ao empenho do Governo e do Comité Paralímpico Angolano (CPA), liderado por Leonel da Rocha Pinto.

“Leonel da Rocha Pinto e os colaboradores conseguiram fazer com que as pessoas confiassem com olhar no futuro”, frisou.

Ana Paula Sacramento Neto indicou que as barreiras arquitectónicas diminuíram graças à importância que o Governo de Angola atribuiu ao cidadão com necessidades especiais.

A reunião magna do APC terminou ontem e o ponto alto foi a reeleição do angolano Leonel Pinto para o terceiro mandato à frente da instituição continental.