Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Garcia Nkiambi entra no court da FAT

lvaro Alexandre - 05 de Fevereiro, 2018

Os sets já correm nos courtes com muita animação. Garcia Kiambi e Matias Castro apresentam amanhã, às 10h00, na sala de conferência da Galeria dos Desportos, em Luanda, as candidaturas para as eleições dos corpos gerentes da Federação Angolana de Ténis, dois anos depois de expirar o mandato do elenco cessante. O pleito está marcado para o dia 24 do corrente para validar os projectos desportivos e económicos do ciclo que termina em 2020.
No último sábado, os dois concorrentes apresentaram oficialmente aos associados as suas intenções de disputar o cadeirão máximo da Federação de Ténis.

Inconformado com o estado degradado do ténis, Garcia Kiambi decidiu concorrer às eleições. O antigo internacional angolano pretende resgatar a imagem do passado, onde constam várias glórias.
\"O ténis já teve bons momentos. Infelizmente, hoje, encontra-se à deriva e aguarda por uma mão milagrosa para a salvar do poço. Como homem da modalidade, não posso ficar indiferente a essa penosa situação. Estou disposto a reunir todas as minhas forças para restituir a dignidade ao nosso ténis\", avançou.
Garcia Kiambi acrescentou que a solidez do seu projecto \"depende do voto de confiança dos associados\". \"Primeiro, devem prestar o voto de confiança e posteriormente trabalhar em estreita colaboração em prol do bem comum, o que passa pelo desenvolvimento das actividades desportivas\", solicitou.
Com um mandato concluído e conhecedor de inúmeros problemas da casa, o candidato Matias Castro voltou a carga para restituir as conquistas perdidas e lançar novos desafios.
\"A minha candidatura assenta na revitalização da imagem de um ténis destruído em pouco tempo. A modalidade precisa de recuperação em Angola e além fronteiras, onde estamos em profunda depreciação devido à perda de confiança, desde a nossa Zona e passagem pela Confederação Africana, Federação Internacional e potenciais patrocinadores. Alguns atletas optaram pela prática de outros desportos\", explicou.