Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

General Nunda incentiva militares

Jaquelino Figueiredo, no Soyo - 04 de Agosto, 2013

Geraldo Sachipengo Nunda apelou aos militares da Marinha de Guerra Angolana a apostarem cada vez mais na prática do desporto para fortalecer o espírito de unidade nacional

Fotografia: Dombele Bernardo

O Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (CEMG/FAA), general Geraldo Sachipengo Nunda, considerou sábado, na cidade do Soyo, importante a prática do desporto nas FAA, pelo facto de ocupar os militares em actividades que fortalecem o corpo e a mente para o cumprimento das complexas missões do ramo.

O general, que falava na cerimónia do encerramento dos IV Jogos Desportivos Militares da Marinha de Guerra Angolana (MGA), realizada na cidade do Soyo, que sagraram campeã a delegação do Ambriz, sob o lema, “MGA rumo aos VII Jogos Desportivos Nacionais, com disciplina e fair-play”, disse que a prática do desporto no seio dos efectivos, sobretudo a natação, a canoagem, a vela e o remo, adestram o pessoal nas artes de manobra dos navios, na liderança e gosto pelo mar.

“Para a Marinha, as modalidades náuticas como a natação, a canoagem, a vela, o remo e outras devem ser estimuladas e desenvolvidas, porque além de formarem fisicamente os seus praticantes, adestram o pessoal nas artes de manobra dos navios, na liderança e no mais importante, o gosto pelo mar e o orgulho de ser marinheiro”, acrescentou.

Geraldo Sachipengo Nunda disse que a prática do desporto no seio das FAA impede aos efectivos actividades prejudiciais e a ociosidade, assim como proporciona a camaradagem, o espírito de equipa, a disciplina e o respeito pelo adversário.

Para o efeito, o CEMG/FAA disse que as novas unidades projectadas no processo de reedificação das FAA devem ter as infra-estruturas indispensáveis e necessárias para a prática do desporto e da educação física.

A cerimónia de encerramento, que contou com a presença de altas patentes das FAA, com destaque para o juiz presidente do Supremo Tribunal Militar, general António dos Santos Neto (Patónio), o comandante da Força Aérea Nacional, general Francisco Lopes Afonso (Hanga) e o segundo comandante do Exército, general Sá Miranda, a administradora do Soyo, autoridades eclesiásticas e tradicionais, serviu também para indicar a Brigada de Fuzileiros Navais no Ambriz para acolher os V Jogos Desportivos Militares da MGA.


UNIDADE DO AMBRIZ
CAMPEÃ DOS JOGOS

A delegação do Ambriz foi a campeã dos IV Jogos Desportivos Militares da Marinha de Guerra Angolana (MGA), realizados de 20 de Julho a 2 do corrente, na cidade do Soyo, província do Zaire, ao conquistar no cômputo geral, 32 medalhas, sendo 14 de ouro, dez de prata e oito de bronze.

Na segunda posição da tabela geral ficou a Esquadra Naval Operacional, ao arrebatar 16 medalhas, oito de ouro, seis de prata e duas de bronze, seguido pela Região Naval Sul, com seis de ouro, duas de prata e sete de bronze e que foi também considerada a delegação Fair-Play. A anfitriã dos IV Jogos Desportivos Militares da MGA, a Região Naval Norte, quedou-se na última posição da tabela classificativa, com três medalhas de ouro, sete de prata e três de bronze. Doze modalidades fizeram parte dos IV Jogos da Marinha de Guerra Angolana, competição que terminou sábado último.