Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

GM Yaniet treina Caxito

Álvaro Alexandre - 16 de Abril, 2016

Grande Mestre cubana Yaniet Lopez promete transmitir segredos para se atingir o grau mais elevado

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Grande Mestre (GM) Yaniet Marrero Lopez, de nacionalidade cubana, agendou de 21 a 23 do corrente mês, na sede da Federação Angolana de Xadrez (FAX), três sessões de preparação técnica desportiva para potenciar os níveis competitivos da Mestre Internacional (MI) Esperança Caxita, bicampeã africana júnior feminina.

A actividade inserida no intercâmbio desportivo entre as Escolas de Xadrez de Angola e de Cuba visa fomentar as relações entre os dois países. Yaniet Lopez acumula longa experiência no desenvolvimento da carreira desportiva.

Em conferência de imprensa, realizada na quinta-feira, na sede da FAX, a GM cubana assegurou que a preparação da MI Esperança Caxita é especifica e vai consubstanciar-se na "transmissão de um comportamento desportivo multidisciplinar, como manter uma atitude responsável no tabuleiro e, em especial, alguns subsídios para se tornar uma Grande Mestre".

A especialista cubana revelou que tomou conhecimento sobre a existência de "uma atleta em progressão científica" em Angola e "o desempenho da xadrezista merece uma atenção singular" da sua parte. "Tenho como preocupação ajudá-la a crescer mais", disse.

Yaniet Lopez assegurou que a MI Esperança Caxito "não vai ser a única a beneficiar de uma assistência ímpar". As outras atletas, que apresentam talentos para xadrez angolano, também vão merecer a sua atenção.

Do programado aprovado, Yaniet Lopez vai orientar os treinos, em sessão aberta a interessados, a partir das 16h00, às MI Esperança Caxito e Maria Domingos (ambas da Escola Macovi) e Luzia Pires (Polivalente Aldanuel).

A Grande Mestre Yaniet Marrero Lopez está no país desde o passado dia 12 do corrente e manteve encontro de trabalho com os responsáveis das direcções provincial de Educação de Luanda, da Escola Juventude e Luta, Instituto Médio Alda Lara, Instituto Médio Industrial de Luanda e da Associação Provincial de Xadrez de Luanda.

Está também agendado visitas ao Instituto Médio Pascoal Luvualo e ao Colégio Aldanuel, bem como vai dissertar hoje nas palestras programas nas províncias de Cuanza Sul. Na segunda e terça-feira, a especialista vai ser prelectora em Benguela.

TAÇA POLIVALENTES
COMEÇA NO PALANCA

As três jornadas do torneio de xadrez por equipas da Taça Polivalente Aldanuel são disputados hoje, a partir das 10h00, na sede social do clube do bairro Palanca, com a participação do Progresso Sambizanga, Selecção Nacional de Militares e os anfitriões.

Em alusão ao XX aniversário da agremiação desportiva do distrito do Kilamba Kiaxi,  assinalado na última terça-feira, a direcção do clube organiza um torneio restrito para permitir maior dimensão à competição, segundo coordenador do departamento do xadrez do Polivalente Aldanuel, Eliseu Tavares.

"Foi uma política adoptada por nós. Pretendemos ter maior protagonismo no nosso torneio. O Progresso Sambizanga e a Selecção Militar de Angola reúnem argumentos suficientes para fazerem uma boa frente ao Polivalente Aldanuel e transformarem o evento numa memorável Taça", justificou a escolha.

A reunião técnica da Taça Polivalente Aldanuel está marcada para as 10 horas e conta com os delegados das equipas do Progresso Sambizanga, Selecção Militar de Angola, Macovi e Polivalente Aldanuel.

O sistema de disputa é de todos contra todos a uma volta. Cada equipa tem o direito de inscrever quatro atletas efectivos e dois suplentes. Por partida, o jogador tem à disposição uma hora para se desfazer do adversário. A vitória dá três pontos, empate, um e derrota, zero.