Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Godinho faz balanço positivo das jornadas do 20 de Maio

Silva Cacuti - 03 de Junho, 2013

Encontro nacional de andebol realizou-se em Luanda, sob orientação da federação, dirigida por Pedro Godinho

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente da Federação Angolana de Andebol (Faand), Pedro Godinho considerou positiva as jornadas comemorativas ao 20 de Maio, dia consagrado ao andebol nacional, que culminaram com a realização, em Luanda do III Encontro Nacional de Andebol e da Assembleia-geral da federação, nos dias 31 de Maio e 1 de Junho.

O dirigente que falava no final da magna reunião apontou alguns aspectos que relevam o balanço que faz. “Permitiu-nos perceber, em alguns painéis apresentados por pessoas muito experientes nas áreas em referência, a necessidade urgente de introduzir já os psicólogos a nível das selecções nacionais; conseguimos colher contribuições para o escalonamento de idades dos diversos escalões; conseguimos levar uma proposta para o arranque, de uma vez por todas, da competição regional, que se for um sucesso talvez nos permita vencer o dilema das incongruências de ter 30 ou mais equipas numa só província concentradas.

Então, estamos a ver se o conseguimos fazer por zonas, apurar campeões zonais, dar quotas e fazer uma final concentrada com um número de 12 equipas. Recebemos a proposta do aumento do número de atletas com dupla categoria, para dar mais robustez às nossas atletas das selecções de juvenis e juniores”.

A jornada comemorativa do 20 de Maio, realizada sob o lema “Unidos em prol do desenvolvimento do andebol” começou com a realização na data, de festivais nas províncias, sob a égide das associações. Foram no âmbito destas jornadas realizadas formações de árbitros, monitores e treinadores, e culminar com a realização do III encontro nacional de andebol e a assembleia-geral ordinária.

O 20 de Maio comemora-se como homenagem a um grupo de nacionalistas que decidiu fundar a 20 de Maio de 1974 a Faand. Os acontecimentos que marcaram a fundação da federação até à proclamação da Independência Nacional levaram a que a Faand ganhasse corpo, de facto, apenas em 1976. Angola detém 11 títulos continentais na classe feminina. Pedro Godinho é o presidente da Federação Angolana de Andebol (Faand).