Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Godinho presta tributo grande famlia

Rosa Napoleo - 16 de Maio, 2019

Presidente da Federao Angolana apela calma aos agentes de andebol que pretendem candidatar-se aos diferentes cargos na Faand

Fotografia: JOS SOARES | Edies Novembro

O presidente da Federação Angolana de Andebol, Pedro Godinho, considera que os grandes feitos da modalidade devem-se à grande família constituída. O líder federativo falava à propósito das festividades do Dia Nacional do Andebol que se assinala a 20 do corrente.
"Nos últimos 30 anos, em 15 campeonatos africanos, Angola conquistou 13. Tudo isso só foi possível graças à grande família. O andebol no nosso país tornou-se uma tradição", disse.
Pedro Godinho disse que a modalidade tem pela frente uma época difícil em função dos compromissos internacionais e do quadro económico do país.
"Temos duas competições jovens em África, um campeonato do mundo e o torneio qualificativo aos Jogos Olímpicos de Tóquio '2020 em casa do principal adversário, o Senegal. Vivemos um ano difícil economicamente. Estamos quase a meio do ano e nem sequer o orçamento foi aprovado. Vivemos de parcerias. E, como exemplo, a saída da selecção prevista para este mês é completamente suportada por uma dessas parcerias ", lamentou.
Apesar do quadro descrito, o presidente da Federação encara o futuro da modalidade com optimismo, serenidade e chama os agentes desportivos a juntarem-se nos esforços para manter o andebol no bom caminho.
"Estamos serenos. Apelamos a todos os agentes, às forças vivas do andebol, ao trabalho conjunto. Quero dizer-lhes que estamos abertos a quem queira ajudar-nos, mostrar onde, eventualmente, as coisas não estão bem e onde podem contribuir para a melhoria. Cá estamos para ouvir ", abriu-se.
O responsável alerta também aos agentes a não se precipitarem ante actos que perturbem a gestão do andebol, na medida em que está a um ano do termo do mandato.
"Infelizmente, já sentimos algumas movimentações que visam desestabilizar o desempenho da Federação. A esses, quero pedir um pouco de paciência e esperarem o momento certo. Agora, temos de estar todos juntos e tentar encontrar as condições para estarmos nas competições onde for possível ", disse.
O dia do andebol está a ser comemorado por diversas actividades, promovidas pelas Associações provinciais. Em Luanda, depois do encontro entre os treinadores e os árbitros, o programa prevê uma maratona de jogos no dia 18, das 08h00 às 17h00, no pavilhão anexo da Cidadela Desportiva. Prevê-se a disputa de jogos, em todos os escalões, mais os de ex-praticantes.
A 20 de Maio de 1974, um grupo de praticantes decidiu massificar o andebol no território nacional. Face aos resultados do movimento, a data foi instituída pela Federação Angolana da modalidade como Dia Nacional do Andebol.