Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Golden State Warriors continuam imparáveis

15 de Novembro, 2015

Campeões em título e única equipa invicta na competição, os Warriors derrotaram fora os Minnesota Timberwolves, por 129-116, numa partida em que o base Stephen Curry voltou a ser o melhor em campo, como quase sempre nesta temporada.

O jogador mais valioso (MVP) da última temporada, marcou 46 pontos, ao acertar oito das 13 tentativas de lançamentos triplos, marcou os oito lançamentos livres e converteu 15 dos 25 “tiros” de campo.

Com os cinco titulares dos Warriors a conseguirem números de dois dígitos, o extremo Draymond Green foi o segundo melhor marcador da equipa de Oakland, com 23 pontos.

Nos Timberwolves, Andrew Wiggins, melhor estreante da última temporada, marcou 19 pontos, cotou-se como o melhor da equipa da casa.

Os Warriors superaram, assim, o seu melhor início de temporada de sempre, que datava de 1960/61, quando ainda tinham sede em Filadélfia e tinham nas suas fileiras Wilt Chamberlain.

Os californianos ficaram a mais cinco triunfos do melhor início de sempre na NBA, com 15 vitórias a abrir, pertença dos Washington Capitols (1948/49) e dos Houston Rockets (1993/94).

Revelação
Poste Varejão sonha
com Jogos Olímpicos


Ainda faltam nove meses, para o início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas o brasileiro Anderson Varejão tem um desejo, para o tempo que resta até lá: ficar longe de qualquer tipo de lesão. Ficar fora de uma Olimpíada em casa, é tido como fora de cogitação, pelo atleta de 33 anos.

"Não dá, nem pensar em perder uma Olimpíada, em casa. Só de saber, que vamos jogar no Brasil e que podemos conquistar algo especial, dá um frio na barriga. Quero estar bem. Faço questão de chegar bem", afirmou o extremo poste do Cleveland Cavaliers, em entrevista ao UOL Esporte.

As lesões e outros tipos de problemas (como uma embolia pulmonar) foram um tormento para o brasileiro, desde que chegou a NBA, em 2004. Por isso, a preocupação em estar saudável, para aquele que o atleta considera que vai ser o momento mais especial da sua carreira.

Até mesmo, por conta de uma grave lesão, Varejão ainda não engrenou na actual temporada da NBA. Tem actuado em média, 8,6 minutos por partida, a menor marca desde o ingresso na liga americana.

O jogador admite, que isso se deve ao facto de não estar 100 por cento recuperado da cirurgia que fez, para corrigir a ruptura do ligamento cruzado do tendão de Aquiles da perna esquerda, sofrida no dia 23 de Dezembro do ano passado.

"Sem dúvida, é um início de temporada diferente, para mim. Preciso de estar focado em ficar 100 por cento. Ainda preciso  de readquirir a confiança na perna e voltar a saltar bem,  sentir-me como estava antes".


Cleveland Cavaliers
somam oitava vitória

Os Cleveland Cavaliers estão a protagonizar o seu melhor arranque de temporada na NBA, dos últimos 39 anos, depois de conquistarem a oitava vitória consecutiva, frente aos New York Knicks, por 90-84.

Depois do desaire na estreia, diante dos Chicago Bulls (97-95), os Cavaliers não voltaram a perder e confirmaram no Madison Square Garden, o melhor arranque desde 1976/77, graças aos seis pontos finais de Mo Williams no último minuto, que desempataram a partida. Mesmo assim, o registo dos finalistas da última temporada, não supera o dos campeões, Golden State Warriors, que contam dez vitórias nos dez primeiros jogos.

No polo inverso, os Philadelphia 76ers seguem com nove derrotas, noutros tantos encontros. Na sexta-feira, perderam frente aos Oklahoma City, por 102-82, com um triplo -duplo de Russell Westbrook (21 pontos, 17 ressaltos e 11 assistências).