Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

"Gosto de fazer golos"

Augusto Fernandes - 02 de Março, 2016

Nery quer melhorar a sua performance

Fotografia: Jornal dos Desportos

Em 2011, o Jornal dos Desportos numa das suas  edições na rubrica “Estrela do Amanhã” publicou uma reportagem com Nery, apontou-o como futura estrela do nosso hóquei em patins. Hoje passados cinco anos, o jovem está a dar cartas  na modalidade e já é tido como um dos melhores executantes no país.

O melhor marcador do último campeonato nacional, ganho pelo 1º de Agosto, Anderson Luís Pinheiro da Silva ou simplesmente Nery, afirmou ao Jornal dos Desportos que ainda não se considera uma estrela. “Enquanto não der um grande título a selecção nacional ou representar um grande clube europeu não me posso considero estrela".

O jovem jogador foi campeão nacional pela segunda vez depois de o ter feito em 2011 pelo juventude de Viana, é tido por muitos como um dos melhores jogadores da actualidade.

Há um ano no clube militar, afirmou que “não foi surpresa ter ganho o campeonato. “Sinto-me muito feliz por esta vitória e espero ganhar mais campeonatos pelo meu clube. Tudo isto está a ser possível para nós, graças a aposta forte que a nossa direcção tem estado a fazer e nós só temos de retribuir com títulos".

O abono de família dos militares disse que “ é muito triste ver equipas a desaparecerem por falta de investimento. Neste momento ,o hóquei só existe em Luanda e no Lobito. Pelos menos é o que vemos a nível do campeonato nacional".

De acordo com o jovem atleta, apesar da crise económica que o país vive, pode-se criar mecanismos para que pelos menos nas principais cidades, como Benguela, Huíla, Huambo, Cuanza Sul, Malanje,  Uíge e outras, possam movimentar a disciplina nacional.

O jovem goleador de 23 anos de idade considera que “apesar de haver poucas equipas no país, o nosso o hóquei  está a melhorar muito, especialmente desde 2010. "Depois da realização do Mundial em 2013, eu esperava que o número de praticantes aumentasse  rapidamente, infelizmente não aconteceu.
Augusto Fernandes