Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

GP Polcia Nacional disputado amanh

28 de Fevereiro, 2019

Tanque Serra acolhe este fim de semana o despique entre os polcias e os militares

Fotografia: Junilson Antnio | Edies Novembro

Polícias e militares voltam a ajustar as contas, depois da ousadia de Francisco Gastão no terreno da Força Aérea Nacional, na abertura da época desportiva.
Os atiradores do Interclube e do 1º de Agosto estão ávidos pela conquista de mais uma vitória no Campeonato Nacional de Fosso Olímpico, que faz disputar de amanhã até domingo, nas pranchas do Tanque Serra, na localidade de Teka-Kuna, Sudoeste de Luanda, o Grande Prémio Polícia Nacional, válido para a segunda jornada.
O despique entre Francisco Gastão (Interclube), Hírio Baião (1º de Agosto) e Yuri Salvaterra (individual) é aguardado com grande expectativa, em função do pódio da primeira jornada.
Gastão intrometeu-se entre os militares e exibiu a melhor precisão de tiro ao alvo em movimento. Hírio Baião e Yuri Salvaterra não se conformaram com os resultados e pretendem \"alterar\" as presenças no pódio da prova inserida nas celebrações do 43º aniversário da Polícia Nacional, que se assinala hoje.
A nata de candidatos ao troféu máximo estende-se a Paulo Guga, Paulo Silva (ambos do 1º de Agosto), Ricardo Lopes (Interclube), Jorge Perestrelo (1º de Agosto) e Paulo Alves (Força Área Nacional).
A sessão de treinos oficiais acontece amanhã a partir das 10h00 e vai contar com atiradores do clube anfitrião, 1º de Agosto, Força Aérea Nacional, Clube de Tiro e Pescas de Lubango, Socolil e Clube de Tiro Caça e Pescas de Benguela.
A festa da Polícia Nacional não vai contar com Alice Bernardo. A atiradora viu a sua arma furtada durante a mudança de residência. Com a perda da espingarda, a ex-atleta do Interclube desperdiça a oportunidade de representar um dos grandes clubes, depois de estar afastada das pranchas há quase dois anos por falta de patrocinador.
O regresso de Erica Andrade é outra incógnita. A atiradora do 1º de Agosto está afastada das pranchas em virtude do nascimento do filho na segunda metade do ano transacto. Não participou da jornada da estreia e não há informações sobre a participação no evento.
Com o intuito de averiguar a prontidão dos equipamentos topo de gama da mais recente infra-estrutura desportiva no território nacional, especialistas da equipa anfitriã e efectivos da Federação Angolana de Tiro procedem hoje às últimas afinações.
O Campeonato Nacional de Fosso Olímpico faz disputar um total de nove jornadas. Os resultados definem a probabilidade de representar a Selecção. Angola tem como uma das metas a obtenção de uma das vagas aos Jogos Olímpicos de Tóquio\'2020, segundo fez saber o Secretário Geral da Federação Angolana de Tiro, Humberto Jorge.