Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Grande Prmio Caconda corre na pista de Cruzeiro

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 20 de Junho, 2019

Emoes de quatro rotas agitam populao municipal de Caconda

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

O roncar dos motores pinta este sábado, a partir das 14h00, a pista do Cruzeiro no município de Caconda, província da Huíla, no âmbito do 85º aniversário da constituição daquela circunscrição municipal que dista a 236 quilómetros a Norte da cidade de Lubango.
Mais de 45 pilotos das províncias do Cuanza Sul, Benguela, Luanda e anfitriã vão desbravar o areal do circuito com belas acrobacias. O ambiente multicolor vai arrastar às bermas da pista centenas de fãs ávidos de ver os ícones de motocross nacional.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Carlos Cruz, membro da comissão organizadora das festas do município de Caconda, garantiu que a chegada dos pilotos está prevista para hoje. Amanhã, às 9h00, realiza-se as sessões de treinos livres e no final a reunião técnica com directores das equipas e pilotos individuais. O Grande Prémio Caconda é disputado em duas mangas por categoria num tempo de 22 minutos cada um.
As condições técnicas, administrativas e de premiação (monetária e diploma de participação dos vencedores das categorias de 150cc, 250cc e 450cc) estão criadas, segundo Carlos Cruz.
Para o êxito da empreitada, uma comissão técnica afecta à Comissão de Gestão da Associação Provincial de Luanda de Motocross trabalha desde esta segunda-feira na preparação do circuito, que dista a dois quilómetros da sede municipal, e da logística das equipas participantes.
O Jornal dos Desportos apurou que o Grande Prémio de Caconda conta com apoios de empresários locais em parceria com a Associação Provincial de Motocross de Luanda. O evento vai constar doravante do calendário de provas da instituição liderada por Carlos Moreira, coordenador da comissão de gestão. A adesão do público e a envolvência das entidades empresariais locais contribuem para a manutenção da prova.
As primeiras populações chegaram à região de Caconda há 337 anos, mas foi elevada a conselho municipal no dia 23 de Junho de 1936 pelas entidades administrativas coloniais.