Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Grécia detalha o revezamento

07 de Abril, 2016

Tocha vai passar entre diversos lugares da cidade

Fotografia: AFP

O Comité Olímpico Helénico divulgou ontem o percurso do revezamento da tocha olímpica que vai ser feito dentro de território grego entre os dias 21 e 27 de Abril. A chama dos Jogos do Rio de Janeiro vai ser acesa no dia 21 de Abril na cidade de Olímpica e vai percorrer quase toda a Grécia até chegar ao Estádio Panatenaico.

A tocha vai passar entre diversos lugares pela histórica cidade de Maratona e pela Acrópole, um dos monumentos mais famosos do mundo.
A responsável pelo acendimento da tocha por meio dos raios solares vai ser a actriz grega Katarina Lehou, que vai representar a Deusa Hera. A cerimónia vai ser assistida por um grupo de sacerdotisas, cujas vestimentas também foram reveladas.

O acendimento vai ser acompanhado por Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) e Carlos Arthur Nuzma, presidente do Comité Olímpico do Brasil (COB) e do Comité Organizador dos Jogos.

A tocha também vai ser carregado por um refugiado sírio no Centro de Recepção de Eleonas, em Atenas, porém a sua identidade vai ser  mantida em segredo.
Outro mistério ainda feito é sobre quem vai ser o primeiro atleta brasileiro a levar a tocha. O que se sabe é que trata-se de um campeão olímpico.

O sexo vai depender de quem for o primeiro grego a pegar a tocha. Se for um homem grego, vai ser uma mulher brasileira. Se for uma mulher grega, vai ser um homem brasileiro.Depois de deixar a Grécia, a tocha segue para a Suíça, onde fica o Comité Olímpico Internacional. Só desembarca no Brasil no dia 3 de Maio.

A primeira paragem vai ser em Brasília, palco do início do revezamento interno até à chegada ao Estádio do Maracanã no dia 5 de Agosto.