Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Grosjean está satisfeito com Haas

10 de Outubro, 2015

Romain Grosjean voltou a falar sobre a decisão de correr pela Haas

Fotografia: AFP

Romain Grosjean voltou a falar sobre a decisão de correr pela Haas e aposta, evidentemente, numa estreia de sucesso da novata. O francês, porém, reservou palavras de carinho para a Lotus, disse que vai ser difícil deixar a equipa preta e dourada.

Romain Grosjean, voltou a falar sobre a escolha que fez para 2016, na F1. O francês vai deixar a Lotus para  juntar-se à Haas, a equipa norte-americana que se estreia no Mundial na próxima temporada. Embora animado com a nova perspectiva na carreira, Grosjean revelou, que vai ser difícil deixar a esquadra de Enstone.

 “Esperançosamente de muito sucesso! É uma grande oportunidade”, disse o piloto de 29 anos durante a conferência de imprensa da FIA, em Sochi, na Rússia. “Sair de Enstone vai ser difícil, pois passei dez anos lá. Fernando (Alonso, que foi bicampeão pela Renault e que usava as instalações em Enstone) sabe como é, é um grupo forte de pessoas”, completou Romain e lembrou que fez parte do antigo programa de jovens pilotos da marca francesa.

“Por outro lado, Haas está a ser bem inteligente, chegou à F1, teve sucesso no seu negócio e na Nascar. E, para mim, ter uma nova experiência com essa equipa americana pode ser muito bom”, completou.

 Grosjean ainda enfatizou o quão difícil vai ser dizer adeus à actual equipa, lembra os momentos de dificuldade que a equipa atravessou no Japão, onde ficou sem usar as áreas de camarote, no autódromo de Suzuka, na prova disputada há duas semanas.