Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Grupo leva tristeza para o estgio

SILVA CACUTI - 06 de Janeiro, 2020

A Selecção Nacional sénior masculina de andebol segue amanhã à noite para Argélia, onde vai cumprir estágio para o campeonato africano da Tunísia, mas os rostos dos jogadores não escondem a contrariedade de seguir sem verem pagos os prémios, que lhes são devidos por conquistas anteriores.
Os Guerreiros reclamam o pagamento dos prémios pelas medalhas de prata dos jogos africanos de 2015, em Brazzaville, pelos bronzes dos campeonatos africanos do Egipto 2016 e Gabão 2018. A lista de dívidas reclamadas, inclui o prémio pela medalha de ouro nos Jogos Africanos de Rabat, 2019.
Segundo apuramos, da parte da federação não há qualquer dívida e até os subsídios para esta missão já estão assegurados. \"Provavelmente não estaríamos a trabalhar, se não fosse pelo esforço da federação\", confidenciou-nos um dos atletas, entristecido.
Simão Filho, presidente da Associação de Luanda, que esteve junto dos atletas, com quem pretendia treinar no sábado, aproveitou a ocasião para pedir \"espírito de entrega, sacrifício e patriotismo, para dignificar o nome do país\".
A nossa reportagem soube, que antes do arranque dos trabalhos, os atletas tiveram garantias da parte do Secretário de Estado para o Desporto, Carlos Almeida, em como a questão dos prémios seria resolvida ainda em Dezembro. \"Nem só uma visita de alguém do ministério tivemos, ao longo dos treinos\", desabafaram.