Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Guiné-Bissau desiste por falta de dinheiro

18 de Julho, 2016

Angola participa na Ilha do Sal na décima edição dos jogos e a meta é a melhoria da sua participação anterior no evento realizado em Luanda

Fotografia: DR

A Guiné-Bissau desistiu de participar na X edição dos Jogos da CPLP, que arrancaram ontem, domingo, na ilha cabo-verdiana do Sal, alegando "limitações de ordem financeira", informou sábado a organização do evento multi-desportivo."Os motivos desta inesperada não-participação, explicaram os responsáveis daquele país, prendem-se com limitações de ordem financeira e que ultrapassam a Comissão de Organização destes X Jogos da CPLP", informou a organização em nota de imprensa.

A mesma fonte indicou que a Guiné-Bissau informou sexta-feira à noite da sua não-participação nos Jogos da CPLP que acontecem até ao dia 24 deste mês."Por esta inesperada situação, resta-nos lamentar, na certeza de que até o último momento tudo se fez para que a Guiné-Bissau estivesse presente neste certame", prossegue a organização, que promete "tudo fazer" para que os jogos decorram "da melhor forma e venham a ser uma verdadeira festa da Lusofonia".

A Guiné-Bissau deveria participar nas modalidades de futebol, andebol, basquetebol, voleibol de praia e atletismo.Os guineenses são o segundo país a desistir de participar nas competições nos Jogos da CPLP, depois da Guiné Equatorial, que, no entanto, vai estar presente com uma delegação ministerial na Conferência de Ministros que acontece domingo de manhã.

Nesta que era a primeira edição em que se perspectivava a participação de todos os nove países da comunidade, vai contar agora com sete: Cabo Verde, Brasil, Angola, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Moçambique. A cerimónia de abertura será domingo à noite, no Estádio Municipal Marcelo Leitão, em Espargos, que a par de Santa Maria vai ser o palco dos jogos, realizados pela segunda vez em Cabo Verde, depois de 2002.

O evento multidesportivo vai contar com a presença de cerca de 500 atletas, que vão competir nas modalidades de futebol, atletismo, andebol, taekwondo, basquetebol, natação e voleibol de praia. Além da vertente desportiva, os Jogos da CPLP têm como objectivo reforçar a solidariedade, interacção, convívio e camaradagem entre os povos e atletas dos países que falam português.A primeira edição foi realizada em 1992, em Lisboa, seguindo-se Bissau (1995), Maputo (1997), Praia (2002), Luanda (2005), Rio de Janeiro (2008), Maputo (2010), Mafra (2002) e Luanda (2014).

CPLP
Ministros saúdam vitórias portuguesas


As vitórias de Portugal nos europeus de futebol e de hóquei em patins foram ontem saudadas na abertura da conferência de ministros da Juventude e do Desporto da CPLP, na ilha cabo-verdiana do Sal."A alegria sentida hoje pelos portugueses com a vitória no Euro2016, em França, perpassa todos os países da comunidade", disse o presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Jorge Santos, que presidiu a conferência, que ocorre no âmbito dos jogos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que arrancaram ontem na ilha do Sal.

O chefe da casa parlamentar cabo-verdiana aproveitou a ocasião para apresentar as “felicitações a Portugal pela vitória histórica no Euro2016", enaltecendo a presença de futebolistas oriundos ou descendentes dos restantes países da comunidade na equipa das ‘quinas."São prova bastante da nossa história comum e do sentimento de pertença ao espaço e cultura lusófonas", salientou Jorge Santos.

A vitória de Portugal também foi enaltecida pelo ministro da Juventude e Desporto de Moçambique, Alberto Nkutumula, que é também presidente cessante da conferência de ministros, que pediu uma salva de palmas."As vitórias de Portugal estão a orgulhar a CPLP", completou o ministro da presidência do Conselho de Ministros e do Desporto de Cabo Verde, Fernando Elísio Freire.

Os X Jogos da CPLP arrancaram ontem nas cidades de Espargos e Santa Maria, na ilha cabo-verdiana do Sal, com a presença de cerca de 500 atletas, que vão competir nas modalidades de futebol, atletismo, andebol, taekwondo, basquetebol, natação e voleibol de praia.Portugal venceu pela primeira vez o título europeu de futebol, no passado dia 10, ao vencer a anfitriã França na final do Euro2016, com um golo de Èder, no prolongamento, e no sábado sagrou-se campeã europeia de hóquei em patins, em Oliveira de Azeméis, pela 21.ª vez.